A Copa América e o Mundial da França estão sendo os destaques esportivos durante os meses de junho e julho de 2019. As duas competições, uma masculina e outra feminina, conseguiram bons números, desde as rodadas iniciais, na TV brasileira. O destaque fica por conta dos índices positivos registrados pela Globo e também pela Band, que estão acompanhando a Seleção Brasileira na disputa dos dois títulos.

Entre os números divulgados, a Copa do Mundo é quem chama mais atenção. O torneio realizado na Europa tem conseguido registrar novos recordes para o futebol feminino, fazendo com que o esporte tenha maior divulgação na mídia. Ainda na fase de grupos, a transmissão dos jogos do Brasil já registraram o segundo melhor índice da história. Foram mais de 19 milhões de espectadores acompanhando as partidas da equipe no Grupo C.

Os jogos do Mundial estão sendo transmitidos por três canais: Globo, SporTV e Band. Todos eles com bons números e liderando quase que sempre os índices de audiência, inclusive com uma cobertura online. Até mesmo em dias sem a Seleção Brasileira, como foi no caso do jogo entre Estados Unidos e Chile, o público tem sido alto. É uma prova do crescimento do futebol feminino, que tem ganhado espaço aos poucos por aqui.

Junto com a disputa feminina pela Copa do Mundo, a Seleção Brasileira masculina está jogando a Copa América. As dicas de apostas para hoje mostram um favoritismo da equipe de Tite, principalmente pelo desempenho ruim da Argentina na competição. Fora de campo, o resultado é positivo na audiência, seja na TV ou até mesmo na internet. Os jogos das seleções conseguiram chamar mais atenção do que o esperado, fazendo os meses de junho e julho os mais ativos novamente.

Estádios vazios e TVs ligadas

Em 2018, o Mundial masculino foi responsável por grande parte da audiência durante os meses de junho e julho. A partida entre Brasil e Costa Rica, por exemplo, bateu um recorde de audiência que já durava 12 anos em São Paulo. O confronto bateu 58 pontos de público, levando em conta apenas o estado. Nesta Copa América, os números também estão sendo positivos nas TVs que acompanham a competição.

No jogo entre Brasil e Venezuela, por exemplo, a Globo conseguiu atingir 36 pontos na capital paulista e bateu o antigo recorde do torneio, que tinha sido registrado em julho de 2011. Porém, dentro dos estádios a situação é diferente. Algumas partidas da Copa América, que acontece em território brasileiro, estão tendo problemas com o baixo público. O confronto entre Paraguai e Catar, no Maracanã, recebeu apenas 8.428 pessoas. Um número que gera preocupação e, principalmente, prejuízo.

Até o final de julho, quando as emissoras coletarem todos os números de audiências, vamos ter uma noção melhor do resultado das competições. Independente disso, o futebol feminino já tem o que comemorar pelo crescimento que acontece no Mundial da França. O resultado dentro de campo pode ser até importante, mas o crescimento do esporte e uma maior atenção de patrocinadores merece um grande destaque e comemoração.

*Por Bruno Tavares da Pixel Project

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald