As profissões estão mudando a uma velocidade exponencial, demandando atualizações constantes. No marketing, isso não seria diferente. Com um consumidor cada vez mais bem informado, as relações com as marcas, definitivamente, não são mais como eram antigamente.

De acordo com Phillip Kotler, um dos maiores gurus do marketing, a área vem passando por profundas transformações. Segundo ele, o chamado marketing 1.0, que surgiu logo após a revolução industrial, ficou conhecido como a “era dos produtos”. Nela, eram os clientes que precisavam se adaptar aos produtos. As empresas faziam poucos esforços para atender às necessidades do consumidor. Já o marketing 2.0 marcou o período em que as empresas começaram a se preocupar mais com os consumidores. Com o crescimento da concorrência, o cliente começou a ter mais opções de escolha.

Depois, surgiu o marketing 3.0, reconhecido como a “era do valor”. Nessa fase, o marketing estava sustentado sobre três pilares: colaboração, cultura e espiritualidade. Esse modelo tinha como foco os valores e entendia o consumidor como um ser humano. Logo, ele deveria estar totalmente atrelado ao planejamento estratégico da empresa. Mais recentemente, o próprio Kotler cunhou o termo marketing 4.0, que tem sido chamado de a “era da sociedade criativa”.

Segundo ele, as empresas continuarão a fazer o marketing tradicional, centrado na TV e na mídia impressa, mas também centrando seus esforços e recursos no marketing digital, representado pelas mídias sociais e navegação mobile. As empresas vão precisar saber como misturar e conectar o marketing tradicional ao marketing online. E é nesse contexto que surge a necessidade de atualização desse profissional, que deve ser capaz de criar uma ponte entre os consumidores e as marcas, aumentando a conexão e o engajamento entre eles.

O profissional de marketing 4.0 deve ter um perfil mais estratégico, sendo capaz de circular por várias áreas. Hoje, a comunicação entre os departamentos é muito mais fluída. Isso quer dizer que esse profissional vai lidar diretamente com diversas áreas, tendo que circular com facilidade entre os setores de tecnologia, finanças, logística e muitas outras, devendo desempenhar um papel mais estratégico e abrangente do que no passado. Estar atento a tudo o que acontece se tornou um fator imprescindível e de sobrevivência dentro das organizações.

Por esse motivo, quem deseja sustentar uma carreira de sucesso no marketing 4.0 precisa estar sempre aprendendo. É preciso ser inquieto e buscar atualização constante. Não é possível saber tudo, mas é preciso sempre observar o que faz mais sentido para a sua profissão e para os seus objetivos de crescimento. Participar de lives, webinars, fóruns de discussão, ler livros e ouvir podcasts sobre os cases do momento pode ser muito interessante.

A educação formal, como cursos de graduação e especialização, ainda são importantes, mas eles já não são mais as únicas alternativas. Hoje, a própria internet oferece muitas opções de conteúdo pago e gratuito. Além disso, existem muitos cursos de curta duração, que ajudam na busca por conhecimentos mais técnicos e específicos, já que a própria universidade, muitas vezes, não tem conseguido acompanhar as novas necessidades que o mercado tem demandado dos profissionais de marketing.

A troca de ideias também é imprescindível. Faça benchmarking. Marque cafés e almoços com colegas de profissão. Descubra o que as outras empresas e os outros profissionais da sua área estão fazendo. Normalmente, as pessoas têm muito receio de compartilhar informações, mas é importante mostrar um pouco do seu negócio e estar aberto para conhecer o que está sendo implementado em outras empresas. Contextos diferentes ajudam na oxigenação das ideias. No fim, todos saem ganhando.

É importante que o profissional de marketing 4.0 se perceba como um agente de mudanças. Não basta mais ser um especialista em sua área de atuação. É preciso ser generalista, saber conectar informações de áreas diferentes. A multidisciplinariedade ajuda a desenvolver visões mais apuradas. No fundo, o que o novo profissional de marketing mais precisa ter é garra, determinação, curiosidade e força de vontade. O sucesso chega para aquele que sabe aplicar seus aprendizados de uma maneira estratégica, envolvendo a companhia como um todo.

Felippe Virardi é formado em administração de empresas, executivo com mais de 10 anos de experiência na área de marketing e vendas e headhunter na Trend Recruitment, consultoria boutique de recrutamento e seleção para marketing e vendas.

 

Imagem de Photo Mix por Pixabay

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald