Com o intuito de revolucionar a formação de profissionais de marketing e propaganda no Brasil, o empresário Rapha Avellar promove em dezembro de 2019 a mais nova plataforma de ensino voltada à área de comunicação no Brasil. Denominada CRIA, a empresa será estruturada com foco ensino que posicione a tecnologia como protagonista. A primeira parte de um dos módulos, com duração de três meses, será lançada a partir da próxima segunda-feira, (16). Já o curso completo tem previsão para o segundo semestre de 2020.

A aposta está no uso da tecnologia e no know-how de profissionais de ponta como um dos caminhos para reduzir o tempo de formação de profissionais das áreas de marketing e publicidade de 4 para 1 ano, o que irá otimizar o mercado de trabalho, visto que os futuros candidatos terão mais tempo para ter contato direto com a profissão do que estudando a teoria.

A primeira parte do curso será inicialmente realizada à distância, por meio aulas digitais e disponibilização de conteúdo por meio de aplicativos celulares, e acesso online. Já em sua versão completa, haverá encontros presenciais pelo menos uma vez na semana. Os desenvolvedores do curso acreditam que, desta forma, o custo para oferecer o conteúdo será reduzido, fazendo com que mais pessoas tenham acesso ao ensino de qualidade em menos tempo. “O tempo aproximado entre a ideia e a realização final foram de aproximadamente seis meses. Desde o nosso MVP até a pesquisa de mercado, design sprint, que fizemos pensando em identificadores reais até os primeiros testes, encontrar os professores corretos, fazer todas as contratações e elaborar o material de apoia que possui mais de mil páginas e têm diversas ferramentas de aprendizado e de aplicação prática, com cases reais de mercado”, comentou Rapha Avellar.

Outra estratégia adotada está na composição de um time de docentes de destaque no mercado como Raphaelly Bragança, head de growth na Dog Hero; Rafael Pereira, head de growth da Descomplica; Stela Mazoli, consultora de agile marketing na Magazine Luiza; Ramon Thurler, sócio-fundador da Pareto Group; Marina Erthal, senior copywriter na Y&R; Vinicius Comper, CMO na Lev Bicicletas; Isadora Clark, diretora de branding na Blackhaus Branding e Bruno Altieri, diretor de planejamento na NBS. Avellar também explicou como empresas colaboraram no projeto, “As empresas não tiveram nada a ver com esse processo, mas sim os grandes profissionais que a gente contratou que trabalham lá dentro e são referências em suas áreas e nós os trouxemos para o projeto por acreditar que eles seriam ótimos portas-vozes de disciplinas que o mercado precisa. Então essas empresas não investiram no projeto de forma alguma. Essa iniciativa conta com investimento sim, mas de grandes fundos de investimento como Atmos, Navy e Arbor Capital.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdEducation

+ Ver mais

Quarentena ocasiona overload de cursos gratuitos

por Nicole Fanti Siniscalchi

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald