Gamers profissionais e amadores que visitaram a Brasil Game Show 2019, maior feira de games da América Latina, se surpreenderam com uma enorme cabeça de dragão articulada que se movimentou, acendeu os olhos, soltou fumaça pela boca e emitiu estrondosos sons no estande da Lenovo. A BGS aconteceu entre quarta-feira, (09), e domingo, (13), no Expo Center Norte, em São Paulo.

A estratégia foi do Núcleo de Produção. Idealizado, planejado e realizado pela agência, o espaço teve diversas ativações e experiências, e o dragão foi o grande aposta da Lenovo para promover o Legion, sua linha gamer, que traz ao mercado o novo Legion Y540 com a 9ª Geração do Processador Intel Core i7.

Confira o bate-papo com Luiz Sakuma, diretor de produtos da Lenovo:

Quais foram as novidades para esse ano?

Esse ano a Lenovo dobrou a participação na BGS, não apenas no tamanho do espaço, mas também no portfólio. Estamos apresentando dois notebooks, o Legion Y540 e IdeaPad L340. Dois monitores gamers com 144 hertz de frequência, um monitor turbo com 43 polegadas e um de 24 polegadas. Aqui temos mouse, teclado mecânico e até mesmo mochila resistente a água.

 

Qual o Principal foco me 2019?

O principal foco que a Lenovo trouxe foi a transformação inteligente, queremos aproximar cada vez mais a tecnologia para o usuário final. Não só trazer produtos e inovaçōes que nunca chegarão para o usuário comum. por exemplo o IdeaPad L340 gamer parte à 4.199.00 reais, também o mouse que possui uma resolução fantástica por 269.00 reais.

 

E também promovendo a experiência do consumidor? 

Queremos aproximar o mundo gamer dos usuários e consumidor, por isso trazemos influencers, pro players e narradores para ter toda a interação dentro do estande.

 

Qual a estratégia pensando no público gamer? 

O principal foco na estratégia foi o foco no consumidor, nós traçamos toda a estratégia pensando no usuário final. E vimos uma grande oportunidade para atender o segmento, que também é muito exigente, já que o consumidor quer alta performance, com um custo beneficio acessível e com isso, dentro do portfólio conseguimos atender o usuário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald