Johnnie Walker, marca de whisky da Diageo, líder mundial em bebidas alcoólicas premium, e a agência CP+B Brasil acabam de ganhar um Leão de Bronze no Festival de Publicidade de Cannes. O prêmio, na categoria Industry Craft, foi pela embalagem criada para celebrar os 110 anos do ícone da marca, o Striding Man.

A campanha totalmente integrada assinada pela CP+B Brasil, teve como ponto de partida a elaboração da edição histórica e colecionável de cinco packs emblemáticos de Johnnie Walker mostrando a evolução da logomarca em momentos marcantes, 1908, 1929, 1970, 1996, e 2018. “A inspiração veio do design de cada uma dessas épocas”, explica Marcelo Rizério, diretor de criação da agência.

1908 – ano da criação do Striding Man e o andarilho caminha para o lado esquerdo; a ilustração é inspirada na art nouveau (Johnnie Walker Red Label).

1929 – o símbolo foi redesenhado pela primeira vez e tem referência na pintura à óleo (Johnnie Walker Red Label).

1970 – o Striding Man vira ícone da cultura pop; o desenho faz alusão à risografia, técnica artística, semelhante à serigrafia, que utiliza a duplicadora Riso para produção de arte em papel em diferentes formatos. (Johnnie Walker Black Label).

1996 – relembra a TV de tubo e VHS. (Johnnie Walker Black Label).

2018 – com visual minimalista a embalagem celebra os 110 anos do Striding Man. (Johnnie Walker Gold Label Reserve).

Foram produzidas 150 mil embalagens. O layout das embalagens, assim como todo o material para ativação nas lojas, banners, testeiras e displays, foi desenvolvido pela agência CP+B Brasil. A campanha contou ainda com ação nos bares, parceria com Spotify para criação de playlists personalizadas relacionadas as datas dos packs, mídia exterior e uma animação.

Como resultado as vendas de Johnnie Walker cresceram 70% no on-trade, Johnnie Walker Red Label e Black Label aumentaram o market share em 53% e 2,4%, respectivamente, além de um crescimento de 400% em interações orgânicas.

 

Ficha Técnica:
Título: 110 YEARS JW Packages Through History
Agência: CP+B – CRISPIN PORTER & BOGUSKY BRASIL
Cliente: DIAGEO
Produto: JOHNNIE WALKER
CCO: André Kassu e Marcos Medeiros.
Direção de Criação: Marcelo Rizério.
Criação: Pedro Galdi, Nicholas Bergantin, Mihail Aleksandrov, Luiz Paccillo e Willian Oliveira.
Ilustração: Marcos Medeiros (1908), Black Madre (1929), Estudio Pum (1996), Marcelo Tolentino (1970).
RTVC: Renata Sayão, Valéria Andrighetti e Fabíola Camilo.
Planejamento: Caio Del Manto, Gabriela Sanchez, Patrick Sertã e Edson Junior.
Atendimento: Luciana Ceccato, Luiza Neves, Andressa Fukunaga, Nanci Paiva e Rodrigo Gambassi.
Mídia: Tiago Santos, Camila Gazzano, Luiza Slavieiro, Rebeca Aguiar, Ailton Silva, Débora Franco e Luiza Franceschelli.
Projetos: Marcio Bueno, Renata Guimarães e Luciane Nuvolara.
Produtora: Vetor Zero
Direção: Mateus de Paula Santos, Nando Cohen e Diogo Kalil
Produção Executiva: Alberto Lopes e Sérgio Salles
Coordenação de Produção: Equipe Vetor Zero
Coordenação de Finalização: Equipe Vetor Zero
Finalizador: Equipe Vetor Zero
Pós Produção: Equipe Vetor Zero
Produtora de Som: Cabaret Studio
Atendimento Produtora de imagem: Camila Carrieri e Márcia Guimarães
Aprovação cliente: Álvaro Garcia, Guilherme Martins, Juliana Noto, Carolina Chinez e Gabrielly Carrasco

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald