Uma manhã de muito bate-papo, informação e tendências: assim foi o evento “Chama na Cultura,@” realizado na manhã desta terça-feira, 5, pela agência Lew’Lara\TBWA. O evento, no Museu do Futebol, contou com a participação de influenciadores e comunicadores, como @leandrorafe (111k), do programa Choque de Cultura; Bruno Galan, da @memeriagourmet (92.3k); e Gabriel Sukita, @sukitabr (2k), do BuzzFeed.

A programação trouxe temas super atuais, reforçando o posicionamento da Lew’Lara\TBWA em colocar as marcas na velocidade da cultura. “Todas as atividades foram pensadas para trazermos muita inovação aos convidados”, conta a CSO da agência, Renata Serafim. “Foi uma manhã repleta de conteúdo, com debates muito relevantes para o mercado. Buscamos assuntos que, embora presentes no nosso cotidiano, são pouco discutidos a fundo”. 

A própria executiva abriu o evento com discussões sobre Queer Power, movimento que busca dar visibilidade e aceitação a todas as formas de gênero e sexualidade. Em seguida, emendou uma conversa sobre Cancel Culture, boicote que ocorre quando influenciadores ou celebridades perdem seguidores nas redes sociais, normalmente após declarações polêmicas ou atitudes controversas. 

Em seguida foi a vez do painel sobre Zero Out em que Luciana Mussato, diretora de estratégia, falou sobre a tendência de simplesmente não fazer nada em um mundo repleto de estímulos. Subiram ao palco @luizavoll (11k) e @daniarrais (12k) do estúdio de criação @Contente.vc (28k), trazendo para a conversa seu projeto #ainternetqueagentequer, que tem o objetivo de gerar reflexões sobre o uso da internet nas nossas vidas. 

A manhã contou ainda com uma conversa com o artista de rua Walter Nomura, @tinho23sp (14k), sobre Post Taste, apresentado por Fabrício Natoli, diretor de estratégia. As novas estéticas que têm surgido para subverter o padrão reproduzido nas redes sociais. Mostra que aquilo que você julga esquisito, estranho, e muitas vezes feio, pode ser cool, e posteriormente virar mainstream.

Por fim, a mesa Wacko World, encerrou a manhã, com a participação de Bruno Galan (@memeriagourmet), Leandro Rafe (Choque de Cultura), Edilamar Galvão (@dilagalvao, pesquisadora de arte, tecnologia e cultura digital) e Gabriel Sukita (BuzzFeed). Mediados por Renata Serafim, os participantes falaram sobre como o absurdo e o inexplicável têm ganhado espaço no marketing e na moda.

GRAFITE

Enquanto o evento era realizado dentro do Museu do Futebol, as grafiteiras Debora Auni (@auniseiva) e Michele Micha (@mytcha1) criavam um painel especialmente para o encontro do lado de fora. No café de boas-vindas, os convidados já puderam conferir a dupla em ação, a partir das 8h. A obra final pôde ser vista por todos para ilustrar o movimento Post-Taste.

Sobre os temas discutidos

[if !supportLineBreakNewLine]

QUEER POWER:

ANZ – Hold Tight – TBWA\Melbourne

A parada LGBTQI+ acontece na Oxford St em Sidney há anos. Porém ainda hoje, essa comunidade não se sente segura em várias outras cidades desse país. O Banco ANZ patrocina a parada LGBTQ+ há 12 anos e em 2019 fizeram algo diferente: levaram a atmosfera da Oxford ST de Sidney para todas as ruas de mesmo nome em cidades espalhadas pelo país, trocando as placas de ruas por placas coloridas e com símbolos e códigos que celebram a comunidade LGBTQI+. Em muitas, as placas foram vandalizadas, mas mesmo assim, as pessoas se sentiram representadas e esse movimento serviu como um símbolo de sua força, suas vontades, sua existência, exatamente o que o edge Queer Power significa.

 

ZERO OUT:

Plastico Zero – LewLara TBWA 

É a contribuição da Lew’Lara\TBWA para o movimento Zero out, em que menos é mais. Nesse caso, menos plástico é muito mais consciência e contribuição para o nosso mundo. Foi instalado um filtro de água natural e com gás. Todos os colaboradores receberam uma garrafa de alumínio e uma caneca feita de fibra de coco. As salas de reunião ganharam jarras e copos de vidro. Todo o plástico que fazia parte do nosso dia-a-dia foi eliminado. Essa foi nossa participação na batalha pela redução do lixo plástico no mundo!

 

CANCEL CULTURE:

Unfollow Me – Heimat

#unfollowme Movimento para cancelar o ódio nas redes sociais. Criado pela TBWA alemã, reuniu mais de 100 influenciadores digitais que simplesmente pediram para que os “haters” de plantão deixassem de segui-los. Milhares de unfollows aconteceram, mas o debate sobre os valores corretos que deveriam inundar as redes atraíram 3X mais followers do que os desertores. E a ação sentencia que não importa o número de seguidores, mas seus valores. Um evidente convite para cancelar o mau hábito, provando que os bons são a maioria.

 

 

POST-TASTE:

Piraquê – Piraquê Wear – Lew’Lara\TBWA

 

View this post on Instagram

 

Look: Quando dizem que sou biscoiteira. ??? #AModaÉSerOriginal #igualquenemdojohn #dudabeat | publi*

A post shared by John Drops, Kimberly (@johndrops) on

O reposicionamento da marca destaca a característica original das receitas dos produtos Piraque, que já são ícones da nossa cultura, tanto quanto suas embalagens, criadas pela multiartista Lygia Pape. Foi daí, e da vontade dos consumidores, expressa em redes sociais, que surgiu a ideia de transformar as embalagens Piraque em divertidas estampas e peças únicas de roupa. O lançamento dessas peças se deu em um show da cantora Duda Beat. E o influenciador John Drops, conhecido por reproduzir de forma bem Post-Taste look de famosas, fez exatamente isso com o vestido – Piraquê da Duda Beat. E aí, as estampas explodiram como artigo de desejo dos seguidores da Duda, do John e da própria Piraquê.

 

 

WACKO WORLD:

Gatorade – Gatorade Football Energy – Lew’Lara\TBWA

Futebol é paixão nacional. Gatorade, o combustível que repõem as energias gastas na prática esportiva, estava lançado um produto específico para os boleiros de plantão. Lançou mão do seu asset global e criou um novo jargão: o perna oca. Diferente do perna de pau, que não sabe jogar, o perna oca é aquela pessoa boa de bola, mas que quando está sem energia, não joga nada. E de forma divertida e nonsense, a campanha explicou o uso e benefícios do produto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald