Os consumidores estão optando cada vez mais por utilizar as plataformas online em seu processo de compra para buscar os melhores preços e as melhores condições para aquisição de produtos e serviços. Na Black Friday, não é diferente: segundo dados da Ebit|Nielsen, no ano passado, as vendas do e-commerce movimentaram R$ 2,6 bilhões, uma alta de 23% em relação a 2017. E o número de consumidores que fez ao menos uma compra online cresceu 9% na mesma comparação, para 2,41 milhões. Na OLX, que possui um tráfego de seis milhões de usuários por dia, além da oportunidade de as marcas diversificarem seus esforços em publicidade para potencializar suas vendas nesta que é uma das datas mais importantes para o comércio do ano, também encontram um público apto a se capitalizar por meio de desapegos na plataforma para adquirir suas ofertas.

A opção de grandes anunciantes, incluindo Cielo, Ford, Americanas.com e Shoptime, de apostar em plataformas de compra e venda como a OLX se justifica porque tanto o site como o aplicativo impactam de maneira eficiente milhões de pessoas interessadas em diversos produtos e serviços ao longo do processo de compra, seja por meio de pesquisa direta, em que o consumidor entra no site para buscar um produto ou serviço específico, seja por conversão, quando o usuário utiliza a plataforma para comprar ou vender determinados produtos e acaba descobrindo outras categorias. Confira a entrevista com a Tavane Gurdos, diretora comercial e de parcerias da OLX:

Como surgiram as parcerias com essas empresas (Cielo, Ford etc) e o que a OLX espera como resultado? 

Ford é um cliente que já tem parceria conosco e espera esta data para alavancar ainda mais os resultados dentro da plataforma. Cielo teve um bom resultado no ano passado e, por isso, quis fazer novamente.

Na sua opinião, o que esperar de diferente da Black Friday de 2019 que não teve em 2018? 

Além de termos uma gama maior de cotistas, que faz os nossos usurários terem mais ofertas este ano, temos como maior diferencial em 2019 a “oferta imperdível”. Nos dia 28 e 29, em horários de pico da audiência, tivemos espaços específicos para cotistas virem com ofertas arrasadoras.

Qual a estratégia de marketing e o posicionamento da OLX para o evento? 

Em relação ao formato de mídia, tivemos ativação de push e enviamos e-mail marketing para a nossa base de contatos. Usamos nossas redes sociais e nossos espaços de mídia na plataforma, convidando o usuário a desapegar dos seus itens para se apegar a outros na Black Friday. Demos início à campanha no mês passado, na preparação para a Black Friday, para que essa data fosse ainda mais proveitosa para nossos usuários. No primeiro momento, estimulamos os internautas a venderem seus itens sem uso na nossa plataforma para se prepararem. Depois, durante todo o mês de novembro, introduzimos uma Landing Page com o objetivo de legitimar as promoções dos parceiros, criando assim um circuito de ofertas em um só lugar. Acompanhamos o usuário, como um coach, até chegar no momento final da Black Friday.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald