A MTV acaba de anunciar data, local e patrocinadores do ‘MTV MIAW’2019, segunda edição da premiação que celebra a musica, a cultura pop e que principalmente reconhece os verdadeiros ícones da geração atual.

O ‘MTV MIAW’ 2019 será realizado no Credicard Hall, em São Paulo, e já conta com seis marcas patrocinadoras fechadas. Apresentada por Samsung Galaxy, a premiação terá também patrocínio de China In Box, Claro, Coca-Cola, Fiat e Havaianas.

“O patrocínio máster de Samsung Galaxy é umas das grandes renovações vindas da primeira edição do prêmio, ao lado de Coca-Cola e Havaianas. Isso mostra a conexão e relevância que a marca MTV tem com o mercado publicitário. China In Box, Claro e Fiat acabam de chegar e ainda estamos a todo vapor em negociação com outras. Todas são muito bem-vindas na Viacom”, diz Ari Martire, Diretor Sênior de Ad Sales e Brand Solutions da Viacom Brasil.

Através do Viacom Velocity são desenvolvidos vários formatos de promoção, ativação e integração de marca para os patrocinadores. O ‘MTV MIAW’ é um evento que atende às expectativas dos clientes, já que é direcionado ao jovem, fala exatamente a língua deles e entrega um resultado totalmente multiplataforma: on-air, off-air, ativações dos parceiros in loco, digital e muitas outras possibilidades.

“O ‘MTV MIAW’ é uma das principais premiações da América Latina e tem um olhar ímpar sobre tudo o que é relevante para a nossa audiência”, explica Tiago Worcmam, Vice-Presidente Sênior de Programação e Conteúdo da MTV América Latina. “A combinação entre música e universo digital nunca fez tanto sentido para uma geração. Daí a ideia de uma premiação que, num mesmo palco, traz o melhor do mundo digital, do entretenimento e da música. E essa mistura é a cara do canal e da nossa audiência”, completa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

AdArticles

+ Ver mais

Artigo: OOH com DNA de inovação

por Gabriel Sousa

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald