A Batuca, agência gaúcha de publicidade dona de prêmios nacionais e internacionais, completa sete anos de mercado com a consolidação do seu DNA criativo. Localizada em Bento Gonçalves (RS) e com operação também em Porto Alegre (RS), a agência projeta expandir a atuação, sem perder a excelência no atendimento e nas entregas.

“Nos últimos dois anos, tivemos um crescimento muito grande em resultados e hoje entregamos com uma qualidade que não fica atrás de nenhuma grande agência. Queremos afirmar cada vez mais o nosso DNA. Nesses sete anos, erramos, acertamos, mudamos e vamos continuar mudando, mas estamos cada vez mais conscientes do que somos. Não precisamos atender todo mundo, mas todo mundo que atendermos vai receber uma Batuca criativa e forte também nos negócios. Tanto no Rio Grande do Sul quanto em todo o país”, reforça o publicitário André Lima, sócio da Batuca.

Criada em 2012, a empresa tem como foco facilitar e oferecer relevância no diálogo entre empresas e seus respectivos públicos finais. Grandes nomes da indústria e comércio renovaram seus ideais em publicidade ao abraçar a ideia da Batuca, cujo objetivo é movimentar a comunicação por meio da inovação, animação e constante busca por harmonização e empatia com os públicos-alvo. Tudo isso com uma equipe de profissionais de diversas áreas da comunicação, prezando pela pluralidade de soluções e pela excelência na entrega.

“Tivemos três metas principais nestes sete anos. A primeira foi concretizar a ideia de atender grandes contas em uma cidade fora do ‘eixo Porto Alegre-Caxias’. A segunda foi conquistar a confiança dos clientes, e fizemos isso provando a nossa expertise e excelência. A terceira foi formar um time de primeira linha, composto por pessoas que abraçam nossas ideias e topam construir essa história com a gente. Todos os objetivos foram alcançados”, celebra André.

Para festejar, a agência vai presentear clientes e parceiros com uma caixa de sete compartimentos com presentes representando cada um dos Sete Pecados Capitais: avareza (um cofrinho com recados dentro, como “só não economize risos”); soberba (espelho); luxúria (garrafinha com catuaba); ira (plástico-bolha); inveja (garrafinha com um patuá pendurado); preguiça (tapa olho) e gula (mini cupcake).

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald