O Bradesco lançou na última quarta-feira, (20), Dia da Consciência Negra, o projeto “Bravoz – Encontros Bradesco de Vozes Brasileiras”, que tem como objetivo amplificar artistas negros nacionais na sua visão de arte e de negócio. Com o projeto, o Bradesco irá unir a cada mês, em suas redes sociais, dois artistas negros de diferentes segmentos para celebrar a bravura de ser artista e empreendedor no Brasil, além de potencializar vozes negras fortes que transformam a sociedade.

“Bravoz nasce com o comprometimento de reforçar o movimento #AliadosPeloRespeito, que nasceu no Bradesco para gerar reflexão sobre raça, gênero, sexualidade e deficiência, trazendo para o público esse olhar da marca em mostrar a importância da diversidade, ao dar protagonismo a negras e negros que mostram a diversidade de vozes e da arte brasileira”, explica Marcelo Salgado, gerente de digital e UX do Bradesco.

“Um dos pontos importantes do Bravoz é o Bradesco ter compreendido e apoiado amplamente a utilização de uma equipe formada majoritariamente por profissionais negros. Isso faz com que o projeto passe verdade e realmente se comunique e cause impacto para a comunidade”, afirma Vagner Soares, diretor de arte.

O projeto tem duração de doze meses e irá se encerrar no Dia da Consciência Negra de 2020. Confira a campanha:

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald