Uma nova agência do Grupo Havas no Brasil pronta para contribuir para que anunciantes tenham marcas relevantes para as pessoas. Esse é o propósito da Havas+ (pronúncia: Havas Plus), a qual nasce a partir da Z+, título que deixa de existir no país.

O posicionamento da operação, “the meaningful agency”, reflete a pesquisa global do Grupo Havas Meaningful Brands 2019, a qual aponta que 77% das marcas poderiam desaparecer do dia para a noite, sem que os consumidores se importassem. Por isso, caberá a liderança da agência, composta por Marcos Lacerda (head da agência) Alexandre Vilela (diretor geral de criação), Gustavo Otto (diretor geral de planejamento e conteúdo) e Jairo Soares (diretor geral de operações e mídia), elevar a relevância de seus clientes, para justamente posicioná-los entre os 23% que são efetivamente lembrados pelo público.

“A HAVAS+ está pronta para um crescimento contínuo e estamos entusiasmados com o potencial que a experiência do MaLa, no mercado brasileiro e no grupo, tem para nos ajudar a atingir nossas metas coletivas”, destaca o CEO da Havas para a América Latina, Jorge Percovich, se referindo a abordagem do executivo escolhido para pilotar a agência e colocar o cliente no centro do negócio.

Na nova HAVAS+, três pilares vão conduzir sua atuação, sendo parte fundamental de todo ecossistema da operação, ou seja, significa uma visão holística:

– Criatividade: a solução criativa é o core business. Assim, a agência está pronta para se moldar às necessidades do cliente, a partir do entendimento do negócio. A entrega criativa pode resultar em uma campanha, um projeto de consultoria, uma experiência, um evento, ativação, plataforma ou transformação digital, conteúdo, branding, planejamento estratégico, entre outros, desde que faça sentido e traga resultados;

– Tecnologia: trata-se de como processar e integrar as marcas ao ambiente tecnológico, muito além do digital, além de dispor de todo um aparato ferramental do Grupo Havas e também proprietário;

– Pessoas: equipes horizontais multidisciplinares, com atributos e skills para atrair o interesse de clientes e também de novos talentos. A partir de um olhar de negócios que agregue valor, customizado para cada conta, pretende-se estimular o tempo todo que a equipe trabalhe com a ‘relevância’ como combustível motor. Ou seja, criar uma cultura ‘meaningful’ de dentro para fora.

“Acreditamos que, somente assim, unindo esses pilares dentro dessa visão, desenvolveremos trabalhos significativos, que façam com que as marcas atinjam seus objetivos com criatividade, resultados e inovação”, finaliza MaLa.

Sedes no RJ e em SP

Outro grande destaque desse movimento é a inauguração de uma nova sede no Rio de Janeiro. A unidade, localizada no condomínio CEO na Barra da Tijuca, terá como foco atender de perto clientes como Belmond/Copacabana, Emirates, Globo Internacional, Michelin, Norte Energia e TIM.

Em São Paulo, a agência permanece no Cidade Jardim Corporate Center e, agora sob a bandeira Havas+, segue atendendo AACD, adidas, BNP Paribas, Cinemark, CAOA, Hermès, Hyundai, MSC, MoneyGram, Swarovisky e TENA.

Por fim, também em São Paulo, a Havas+ vai integrar em sua estrutura a Versão Beta, uma native digital agencyfundada e liderada por Roberta Raduan e Sergio Caruso. Anteriormente, essa operação respondia direto ao Grupo Havas, e agora passa a fazer parte da Havas+, desenvolvendo projetos por meio de metodologias ágeis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald