Você sabia que 20% dos usuários de aplicativos de carona solicitam paradas em algum estabelecimento comercial durante a corrida? O dado é de uma pesquisa realizada pela startup Numenu, que oferece serviços de bordo nesses carros. E com o propósito de se aproximar cada vez mais do consumidor, a Mondelēz Brasil identificou uma oportunidade para um novo e diferenciado canal de vendas para algumas de suas marcas icônicas. Assim, uma parceria exclusiva entre as duas empresas chega para facilitar a vida de quem precisa fazer um “pit stop” para “enganar a fome”. A partir de agora, viagens realizadas pela 99, Uber e Cabify, em carros que contam a plataforma na cidade de São Paulo, ganham a companhia de Trident, Sonho de Valsa, Halls, Club Social Crostini, Oreo e Bis Xtra.

Inicialmente, mil carros da capital paulista disponibilizam a comodidade. Maximiliano Diaz, gerente de Inovação em Biscoitos da Mondelēz Brasil, destaca o pioneirismo da companhia e enxerga na parceria um novo canal repleto de possibilidades. “Nós queremos estar onde o consumidor está. Hoje, somente a Uber tem 150 mil carros em São Paulo. Há, portanto, uma janela de oportunidades para acelerarmos as adesões e a visibilidade da plataforma e alcançarmos novos pontos de venda na cidade. E o melhor: pertinho do consumidor, entregando praticidade e facilidade de acesso a marcas amadas pelos brasileiros”, diz.

Há mais de cinco anos, a Mondelēz Brasil vem trabalhando com startups que estão começando ou já estão estabelecidas. A empresa segue na busca por novas parcerias com startups de diferentes portes, incubando projetos diversos e testando novos mercados. E foi justamente esse diferencial que a atraiu a investir na Numenu. O potencial do modelo de negócio do serviço é grande. Por isso, outro objetivo da parceria é alavancar o crescimento da startup, por meio das marcas Mondelēz Brasil, tão amadas pelos brasileiros, entregando confiança aos consumidores. “Queremos ajudar a plataforma da Numenu a crescer para estarmos onde quer que o consumidor esteja”, reforça Diaz.

No Brasil, mais de 20 milhões de pessoas utilizam os aplicativos de carona, oferecidos por 500 mil motoristas cadastrados. A expectativa é de que o segmento ainda cresça mais US$ 300 bilhões em 10 anos. Diante desse cenário, a estimativa da Numenu é ampliar a atuação para Rio de Janeiro e Belo Horizonte, até o final do ano, chegando a 15 mil automóveis, o que resultaria em uma média de cinco milhões de corridas por mês.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald