A equipe de futebol feminino do Atlético-MG ganhou um reforço. Por meio do projeto Minas Esportivo, Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, o time fechou um acordo de patrocínio com Guaraná Antárctica. Sempre valorizando tudo aquilo que orgulha os brasileiros e É Coisa Nossa, a marca de refrigerantes será a principal parceira das meninas do time mineiro nas próximas competições.

Com a finalidade de custear parte das despesas com a modalidade, a proposta atleticana foi aprovada pelo Comitê Deliberativo em 2019, e Guaraná Antarctica abraçou o projeto, aportando integralmente a verba aprovada. Pedro Melo, gerente de patrocínios do clube, afirma que “a ampliação da parceria com a Ambev demonstra a força do Atlético e a importância dos projetos do clube na ativação das marcas parceiras”

De acordo com Marcelo Machado, superintendente de administração e controle do Galo, “iniciar o projeto do futebol feminino com o apoio de uma grande marca pode impulsionar o desenvolvimento da modalidade”.

“O futebol feminino tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil. Somos parceiros da Seleção Brasileira, masculina e feminina de todas as categorias, há 18 anos, e queremos expandir nosso apoio, principalmente ao lado de iniciativas que incentivem ainda mais a modalidade. O projeto do Atlético, com seu viés social, reflete tudo aquilo que pensamos e procuramos”, afirmou Daniel Silber, gerente de marketing de Guaraná Antarctica.

Guaraná Antarctica iniciou uma campanha para valorizar ainda mais o futebol feminino no país, incentivando outras empresas a apoiarem a modalidade feminina. A campanha contou com a atacante Cristiane, a meia Andressinha e a lateral-direita Fabi Simões, todas da Seleção Brasileira. As três atletas fizeram um ensaio fotográfico simulando a participação em propagandas de diversos segmentos, como beleza, produtos esportivos, cartão de crédito, entre outros. Essas imagens, foram negociadas com mais de 15 marcas e o valor arrecadado foi dividido entre as jogadoras e o Joga Miga, um projeto que conecta mulheres que querem jogar futebol em todo o país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald