A Alexa, assistente de voz da Amazon, também entrou em clima de carnaval! Programada para ajudar o brasileiro a curtir a festa mais popular do Brasil, o serviço de voz baseado na nuvem da Amazon trará informações sobre blocos de rua de São Paulo e Rio de Janeiro, informa sobre as escolas de samba e seus enredos, e ainda, mostra a data e hora dos desfiles, e dá dicas úteis para o usuário em clima de carnaval.

A proposta é informar e divertir os foliões e todos aqueles que planejam fazer algo na data. Já está disponível algumas informações e interações da Alexa, mesmo com o carnaval sendo somente no dia 25 de fevereiro. Após a retirada da programação dos famosos bloquinhos de rua dos principais portais de noticia dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, a assistente vem fazendo esse excelente trabalho.

Para a alegria dos brasileiros apaixonados pelo carnaval, a Alexa interage com o usuário cantando uma marchinha, conta piadas sobre o carnaval, mostra fotos e curiosidades sobre as festas. E não importa se estiver fora de casa, com os dispositivos da família Echo, como Echo Dot, Echo e Echo Show 5, a Alexa pode ser acessada diretamente de seu telefone celular, pelo app da Amazon, disponíveis para iOS e Android.

Confira alguns exemplos das habilidades e interações com a Alexa que já estão disponíveis.

 

Sobre os desfiles, as escolas de samba e o Carnaval:

Alexa, quando é o Carnaval?”

– Alexa informa a data do feriado.

 

“Alexa, o que é o Carnaval?”

– Alexa traz explicações sobre a festa e o que ela significa para o Brasil.

 

“Alexa, o que significa carnaval?”

– Descubra qual o significado da palavra Carnaval.

 

“Alexa, quando é o desfile das escolas de samba?”

– Quer se programar para ver os desfiles? Basta perguntar à Alexa.

 

“Alexa, me fala sobre Rosas de Ouro”, ou “Alexa, me fale sobre a escola de

samba Mangueira”

– Pergunte sobre as escolas do Rio de Janeiro e São Paulo.

 

“Alexa, qual o samba enredo da escola de samba Beija-Flor?”

– Pra quem quer conhecer o samba enredo da sua escola favorita, Alexa é o caminho.

 

Sobre a programação dos bloquinhos nos dois estados:

Alexa, quais são os principais bloquinhos de São Paulo?”

– Alexa informa sobre os principais blocos em São Paulo ou no Rio de Janeiro.

 

Músicas, informações e piadas:

Alexa, conte uma piada sobre o Carnaval”

– Alexa fará você rir com seu jeito peculiar de contar piadas.

 

“Alexa, cante uma Marchinha de Carnaval”

– Ela pode não ser a cantora mais afinada, mas te oferece músicas exclusivas.

 

“Alexa, cante um Samba de Carnaval”

– Alexa oferece um Samba original.

 

“Alexa, toca a playlist Bloco na Rua no Amazon Music”

– Se você é assinante Prime ou Amazon Music, Alexa está pronta pra

te ajudar a entrar no ritmo da folia.

 

Dicas úteis:

“Alexa, como tirar glitter do corpo?”

– O pós-festa pode ser trabalhoso. Mas até nisso Alexa pode te ajudar

com dicas úteis.

 

“Alexa, me ensine uma receita própria de Carnaval”

– Quer uma receita que te dê energia para pular o Carnaval? Alexa te ajuda.

 

E quem estiver curioso sobre o que Alexa acha do Carnaval, basta perguntar:

“Alexa, você gosta de Carnaval?”

“Alexa, qual sua música de Carnaval favorita?”

 

Dia 15 de fevereiro de 2020 foi uma data marcante para a Alexa, foi a primeira vez que ela pulou carnaval! Com o convite especial do bloco Ritaleena, a assistente  interagiu com a cantora Alessa, e ainda tentou reproduzir o seu samba original e animou totalmente a passagem do bloco que homenageia a a obra da rainha do rock, Rita Lee.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Tem gente que não tá se aguentando pro desfile logo mais! Ansiedade cibernética! #AlexaNoRitaleena #Alexa #Amazon #BlocoRitaleena2020 #AlôAlôMarciano

Uma publicação compartilhada por Bloco Ritaleena (@bloco_ritaleena) em

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdEducation

+ Ver mais

Quarentena ocasiona overload de cursos gratuitos

por Nicole Fanti Siniscalchi

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald