Pesquisadores da Queen Mary University publicaram um estudo baseado em inteligência artificial, indicando que Hollywood é machista e elitista. A apuração identificou que o desemprego entre os atores chega a 90% e apenas 2% ganham a vida com a profissão, por outro lado, as atrizes ficam um período maior sem trabalho e são mais propensas a ficarem no desemprego permanente.

A analise mostrou que as garotas tem chances menores de se recuperar de momentos ruins em suas carreiras. No show business é mais provável que um corte duradouro seja de uma mulher do que de um homem.

O modelo de IA investigou os perfis de mais de dois milhões de atores e atrizes no IMDB. O objetivo era prever quando um artista teria seu melhor ano. O algoritmo pode determinar com precisão de 85% quando um ator terá seu melhor ano profissional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald