Competidores de todas as partes do mundo se depararão com uma realidade desconhecida e com paisagens jamais vistas na 27ª sétima edição do Rally dos Sertões, maior prova off-road das Américas. A largada será neste sábado, (24), em Campo Grande (MS) e serão percorridos 4.857 km até a chegada, dia 1º de setembro em Aquiraz (CE).

Pelo 16º ano consecutivo, a competição contará com o patrocínio da Mitsubishi Motors, que cederá os carros para a organização. Por meio da plataforma inédita de telemetria da Smart Driving Labs, que combina tecnologia, dados e veículos na nuvem, as L200 Triton Sport de apoio estarão conectadas e gerarão dados sobre como estão sendo usadas, onde estão, quem está atrás do volante e fazendo o quê.

Ao todo, são 55 picapes monitoradas durante as oito etapas da prova, com rastreamento que capturará parâmetros dos veículos, como velocidades média e máxima, altitude, nível de combustível, desgaste dos veículos, entre outros, além de eventuais incidentes capturados pelo “acelerômetro” existente no dispositivo.

“Somos parceiros do Rally dos Sertões há 16 anos e colocamos nossas picapes à prova em quase 5.000 quilômetros pelo interior do Brasil, enfrentando as mais diversas condições. Para transportar com conforto e segurança toda a organização, muitas vezes pelos mesmos caminhos dos competidores, só um carro robusto e com o verdadeiro DNA 4×4.”, garante Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

Esta é a primeira edição em que o Rally dos Sertões terá carros de apoio conectados. A tecnologia e o monitoramento da Smart Driving Labs resolvem um problema muito importante na operação do Sertões: o cuidado com os veículos de apoio. Com o sistema de monitoramento, temos certeza de que vamos retornar os carros da organização para a Mitsubishi no melhor estado possível.”, diz Joaquim Monteiro, CEO da Dunas, empresa que organiza o Sertões.

Cada vez mais, os dispositivos inteligentes funcionam como aliados importantes para experiências e resultados de impacto. Dados da empresa de consultoria Gartner mostram que haverá 250 milhões de carros conectados em vias públicas até 2020.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald