Em 20 de julho de 1969, o homem pisava na Lua pela primeira vez. Foi nesse momento que Neil Armstrong, o comandante à frente da missão Apolo 11, eternizou a frase “é um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”. Milhões de pessoas ao redor do mundo puderam ouvir essas palavras graças a um transpônder da Motorola. O equipamento utilizado durante a missão foi o único link de comunicação dos astronautas com a Terra, incluindo voz, telemetria, rastreamento e sinais de televisão entre o módulo de comando. e o comando central.

A Motorola forneceu milhares de dispositivos semicondutores, 12 unidades de comunicação de precisão bidirecional a bordo, e equipamentos de rastreamento e de verificação em terra. “Quando o módulo lunar Eagle atingisse 300 mil quilômetros a velocidade da luz, perderia as comunicações de frequência muito alta (VHF), e o transponder da Motorola se tornaria o único meio de comunicação com a Terra. Ou seja, se essa unidade falhasse, os astronautas não poderiam se comunicar com mais ninguém no universo”, explica Phil Wright, funcionário da Motorola na época.

Tripulada por três astronautas, a missão foi dividida de forma que Michael Collins permanecesse no módulo de comando, na órbita, enquanto Buzz Aldrin e Neil Armstrong pousassem na Lua com o Eagle. Graças a uma antena da Motorola conectada às mochilas dos astronautas, eles conseguiram se comunicar com o módulo lunar, enquanto exploravam a superfície. Isso permitiu que eles cumprissem a missão principal da NASA: relatar e trazer as primeiras amostras de outra superfície planetária em uma aterrissagem lunar tripulada e retornar à Terra com segurança. Ao longo de seus 90 anos de existência, a Motorola Solutions também participou de outros grandes eventos de missões crítica no Brasil, entre eles a Copa de 2014 e a Olímpiada de 2016.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdPublicidade

+ Ver mais

Aperol em campanha traz de volta Horário de Verão

por Nicole Fanti Siniscalchi

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald