Desde a última sexta-feira, (04), as pessoas com deficiência auditiva podem acessar gratuitamente o aplicativo da Central de Intermediação em Libras (CIL) graças à Navegação Patrocinada. Isso se tornou possível porque a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), assinou um contrato de navegação patrocinada com a Claro, Vivo, TIM e Oi. A MUV participou desse projeto devido ao contrato de representação que possui com essas operadoras, juntamente com a solução técnica da Datami.

Segundo o prefeito Bruno Covas, a iniciativa irá facilitar o acesso dos munícipes surdos aos serviços da Prefeitura, em especial os da área da Saúde. “Percebemos que grande parte dos surdos que vivem na cidade deixavam de utilizar a Central por falta de pacote de dados de internet. Assinamos esse contrato com as principais operadoras e vamos garantir o acesso a esse serviço importante”, destacou o prefeito Bruno Covas

A iniciativa é inédita no Brasil e, a partir dela, usuários surdos da CIL, e servidores públicos municipais, não mais utilizarão seus pacotes de dados para o uso do aplicativo. Trata-se de uma medida de impacto junto aos usuários mais carentes, tendo em vista que a utilização desse recurso via celular consome, em média, 100Mb por videochamada, o que representa um impedimento para a ampliação do uso da CIL.

Além de atender demanda da comunidade surda, a iniciativa também foca nos servidores públicos municipais, que poderão baixar o aplicativo em seus smartphones e usá-lo quando tiver que atender um munícipe que só se comunique em Libras. “Esse é o primeiro projeto de Navegação Patrocinada de um órgão público e estamos felizes por ter participado de um projeto inovador e inclusivo”, diz Rafael Magdalena, COO & Co-Founder da MUV.

A CIL é um serviço de intermediação em Português/Libras, por meio de videochamada, que permite a comunicação entre pessoas com deficiência auditiva e servidores públicos. Com a instalação do sistema, os equipamentos municipais atendem o público surdo e com deficiência auditiva com interpretação em tempo real, que possui modalidade online.

Os munícipes com deficiência auditiva podem fazer download do aplicativo por meio da “CIL – SMPED”, disponível gratuitamente para celulares e tabletes Android ou IOS e computadores, via website. Quando acionado, o serviço faz a mediação entre surdo e intérprete. “O objetivo da CIL é promover a autonomia das pessoas com deficiência auditiva. A Prefeitura de São Paulo tem um papel fundamental de garantir o cumprimento dos direitos e inclusão das pessoas com deficiência, apresentando uma iniciativa inédita e sendo referência no Brasil, e mais, com todo o apoio da comunidade surda”, explicou o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald