Brasileiro é o ‘influenciador do ano’ em Londres

Fabio Seidl, Group Creative Director da 360i NY, foi indicado pelos membros do site britânico CreativePool

Não é segredo para ninguém que a criatividade da publicidade brasileira é bastante respeitada lá fora. Entretanto, um fenômeno diferente tem acontecido nos últimos anos, que é a migração do nosso talento para grandes agências dos mais diversos países ao redor do mundo. Um desses criativos que empunham a bandeira brasileira na propaganda global é Fabio Seidl, Group Creative Director da 360i de Nova Iorque. A novidade? Ele acaba de vencer o prêmio ‘Influencer of The Year’, de Londres, promovido pelo site britânico CreativePool.

Fabio Seidl recebeu o prêmio no The Library Club de Londres após ser indicado pelo site para um short list com 100 líderes da criatividade global e, na segunda fase, ter vencido uma fase aberta ao mercado que recebeu mais de 12 mil votos de todo o mundo. Entre os finalistas também estavam os brasileiros Sergio Gordilho e Rafael Pitanguy, da Africa; Hugo Rodrigues, da Publicis; Vico Benevides, da Blue Hive; João Binda, da mcgarrybowen e Renata Florio, da Ogilvy NY.

“A palavra ‘influenciador’ tem um significado forte. Talvez nem combine comigo. Já tinha me sentido honrado ao saber que nosso trabalho colocou meu nome numa lista de grandes profissionais: empresários, CEOs, gente que, com certeza, ‘influencia’ mais pessoas do que eu. Com esse resultado final, fiquei muito feliz de ver que meus colegas de profissão acreditaram que este trabalho merece ser reconhecido pelo impacto positivo que causou. O maior prêmio é receber esse carinho”.

Fabio Seidl está em Nova Iorque e na 360i do grupo Dentsu desde novembro. Nos EUA, também trabalhou por dois anos como VP e Diretor de Criação Executivo da Leo Burnett em Chicago. Antes de sair do Brasil, foi diretor de criação do time da Ogilvy que foi agência do Ano em Cannes e top 3 do festival em duas outras oportunidades.

No final de 2015, Fabio Seidl também recebeu o prêmio de melhor diretor de criação para o mercado americano no El Ojo de Iberoamerica.

Redação Adnews

Post anterior

Marketing em tempos de crise

Próximo post

‘Os dados do cliente valem ouro’

Posts Relacionados