Cuba estuda volta de publicidade nas televisões do país

Governo de Havana quer usar a propaganda para melhorar a qualidade das produções

Após décadas sem publicidade, o Governo de Havana estudar a reintegração de comerciais como uma ferramenta de marketing para ajudar a financiar e fornecer dinamismo à televisão cubana.

A organização The Havana Consulting Group, com sede nos Estados Unidos, afirmou que "meio século depois de ter sido abolida a publicidade nos meios de comunicação, a ferramenta poderia voltar para a mídia audiovisual na ilha".

A iniciativa iniciada pelo Ministério do Comércio Exterior e Investimentos Estrangeiros pode ser o primeiro passo para incluir anúncios em mídia cubana.

A inclusão de publicidade como uma forma de financiamento pode servir para melhorar a qualidade do material oferecido aos espectadores, renovando suas tecnologias e inserindo o país no mercado internacional.

The Havana Consulting Group assinala que, embora não haja nenhuma menção ao termo publicidade diretamente no projeto, "é óbvio que um investimento em um serviço de televisão a cabo" tem entre suas bases de financiamento, os comerciais.

Cuba tem atualmente cinco canais nacionais, 15 regionais, e sinal internacional, o Cubavisión Internacional.

Redação Adnews

Com informações de Merca 2.0

Post anterior

Campanha de branded content celebra a pluralidade das mulheres

Próximo post

Ótica em Berlim usa Edward Snowden como garoto-propaganda

Posts Relacionados