Empresários brasileiros criam rede colaborativa de entregas

Avatar
“Bikoo” segue a linha de apps como Uber e AirBnB e está disponível para Android e iOS
Inspirados por aplicativos que surfam a onda da economia colaborativa, como Uber e AirBnb, os empresários Marcelo Ruman e Kiko Coelho lançam o app Bikoo, com o objetivo de criar uma rede colaborativa de entregas de pacotes e encomendas de pessoa para pessoa.
 
A partir de experiências mal sucedidas com entregas, os dois empresários começaram a pensar na possibilidade de criar e transformar uma rede de conhecidos em uma network de confiança, usando um aplicativo para celular no qual as duas partes saem ganhando: quem solicita tem a agilidade da entrega e um custo melhor, e quem se oferece a levar o produto pode ganhar um dinheiro extra. "É o mesmo princípio que norteia negócios de sucesso como o AirBnB e o Uber. Queremos ser para o ramo de entregas o mesmo que eles são para suas respectivas indústrias", afirma Kiko Coelho.
 
 
Para utilizar o serviço é necessário baixar o aplicativo que está disponível gratuitamente para Android e iOS. Depois de se cadastrar, basta entrar nas funções do aplicativo e realizar uma solicitação de entrega, informando local de retirada e entrega da mercadoria. A partir disso, as duas partes combinam o preço e após concordarem com eles, as informações detalhadas de entrega e de contato são compartilhadas.
 
Após o serviço, cada parte ganha uma pontuação a partir da qualificação da contraparte, o que ajuda a construir uma reputação dentro da comunidade do app, como já ocorre em sites de leilão como Ebay e Mercado Livre, por exemplo.
 
"Todos são clientes em potencial, já que hoje você pode solicitar uma entrega e amanhã ser o entregador, podendo ganhar um dinheiro extra fazendo uma entrega, seja no trajeto de casa para o trabalho, no caminho para à escola, academia ou mesmo entre cidades ou até entre países", apostam os empresários.
 
As solicitações de entrega no Bikoo são sempre gratuitas.
 
 
 
Redação Adnews
Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

Ação da MasterCard surpreende fanático por futebol

Próximo post

Reforma em lei poderá impedir comerciais de bebidas alcoólicas

Posts Relacionados

Por favor, desabilitar Adblock para visualizar conteúdo do site.