Instagram head da rede social explica funcionamento dos algoritmos

Instagram: Head da rede social explica funcionamento de algoritmos

Adam Mosseri, conta sobre os mecanismos empregados no Instagram em uma série de postagens em seu blog

Adam Mosseri, head do Instagram, lançou alguma luz sobre como a rede social decide o que você vê em uma nova postagem de blog publicada nesta terça-feira.  A explicação parece ter como objetivo, pelo menos em parte, combater os rumores persistentes de que o Instagram intencionalmente oculta ou desfavorece certas postagens, o que o Instagram diz que não é exatamente verdade.

A resposta curta sobre como o Instagram funciona é que é complicada. O Instagram usa “milhares” de sinais para determinar o que você vê no seu feed, de acordo com Mosseri, e não há apenas um algoritmo que decide o que aparece para você. Mas a empresa também está empenhada em explicar melhor por que o conteúdo é removido e como o serviço exibe as postagens, escreve ele. Uma das revelações mais surpreendentes: a maioria dos seguidores do Instagram não verá suas postagens de qualquer maneira porque “a maioria das pessoas vê menos da metade de seu feed”.

O blog de terça-feira é apenas o primeiro de uma série que “vai lançar mais luz sobre como a tecnologia do Instagram funciona e como ela afeta as experiências que as pessoas têm no aplicativo”, por exemplo, então parece que podemos esperar análises mais detalhadas no futuro.

Neste primeiro blog, Mosseri explicou que o Instagram usa “uma variedade de algoritmos, classificadores e processos, cada um com sua própria finalidade” para determinar o que mostrar a você. Ele então quebrou os “sinais” que o Instagram usa para trazer à tona algo em seu feed ou em histórias. Aqui estão os sinais “mais importantes”:

  • Informações sobre a postagem: Esses são sinais sobre a popularidade de uma postagem – pense em quantas pessoas gostaram dela – e informações mais mundanas sobre o conteúdo em si, como quando foi postado, quanto tempo dura se for um vídeo e qual local, se houver, foi anexado a ele.
  • Informações sobre a pessoa que postou: Isso nos ajuda a ter uma noção de quão interessante a pessoa pode ser para você e inclui sinais como quantas vezes as pessoas interagiram com essa pessoa nas últimas semanas.
  • Sua atividade: Isso nos ajuda a entender no que você pode estar interessado e inclui sinais como quantas postagens você gostou.
  • Sua história de interação com alguém: Isso nos dá uma ideia de como você geralmente está interessado em ver as postagens de uma pessoa em particular. Um exemplo é se vocês comentam ou não as postagens uns dos outros.

O Instagram irá então prever como você pode interagir com uma postagem, como comentar ou curtir. “Quanto mais provável você tomar uma ação, e quanto mais pesarmos essa ação, mais alto você verá o poste”, disse Mosseri.

Mosseri também abordou como as pessoas acusam o serviço de silenciar ou “banir as sombras” dos usuários e disse que a empresa fará um trabalho melhor ao explicar por que o conteúdo é removido. “Estamos desenvolvendo notificações no aplicativo melhores para que as pessoas saibam na hora porque, por exemplo, sua postagem foi removida, e explorando maneiras de informar as pessoas quando o que postam vai contra nossas Diretrizes de Recomendações”, disse Mosseri. O Instagram terá “mais para compartilhar em breve” sobre essas atualizações.

A postagem do blog também detalha os sinais que a empresa usa para mostrar o conteúdo na guia Explorar e nos Reels (serviço de vídeo semelhante ao TikTok do Instagram) – que, notavelmente, mostram principalmente o conteúdo de contas que você não segue. A explicação de Mosseri atinge o sucesso no momento em que o Instagram está lançando seu evento Creator Week, projetado para ajudar os criadores a construir suas marcas na plataforma.

Texto traduzido do portal The Verge: https://www.theverge.com/2021/6/8/22524332/instagram-how-it-works-blog-post-adam-mosseri-shadowban

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Caras

CARAS anuncia projeto com foco em influência e branded content

Próximo post
“Esperança”, da Africa para o Itaú, é eleito O Melhor Comercial do Brasil 2020, do SBT

“Esperança”, da Africa para o Itaú, é eleito O Melhor Comercial do Brasil 2020, do SBT

Posts Relacionados

Por favor, desabilitar Adblock para visualizar conteúdo do site.