Hellmann’s apresentou nesta terça-feira (27) o WhatsCook, primeiro serviço em tempo real que interage via WhatsApp com os usuários para ensinar receitas personalizadas. Para participar, basta entrar neste site e cadastrar o número de celular que receberá as mensagens pelo aplicativo. A ação vai até 6 de junho.
 
“O WhatsApp é o aplicativo mais utilizado pelos brasileiros: está presente em 79% dos smartphones. Vimos uma oportunidade de trazer uma solução divertida e personalizada para apresentar a variedade dos usos culinários da maionese. Além disso, o serviço oferece comodidade e praticidade à pessoa que quer cozinhar e nem precisa sair de sua plataforma mobile preferida”, conta Thana Uchino, gerente regional de Digital Foods da Unilever.
 
E o WhatsCook não se baseia apenas no envio de receitas. A equipe de chefs da ação está disponível para solucionar dúvidas, em tempo real, sobre o passo a passo da preparação do prato, enviar vídeos que expliquem etapas que o usuário desconheça, fotos, gravações, entre outros recursos. Para atender os usuários, foi criado um aplicativo exclusivo para o time de chefs de Hellmann’s terem mais agilidade nas respostas das receitas. O serviço pode atender mais de 50 usuários ao mesmo tempo.
 
De acordo com Thana, o WhatsCook é uma alternativa diferenciada aos formatos convencionais de receitas, como livros ou vídeo-aulas, e interage com o usuário por meio de uma linguagem espontânea e customizada. “A ação surpreende porque vai muito além para atender às necessidades mais específicas do usuário na hora de cozinhar. Ele pode até tirar uma foto de sua geladeira e enviar para os chefs de WhatsCook, que criarão uma receita com o que encontrarem na imagem”, afirma.
 
Vale lembrar que a marca já apostou numa plataforma diferenciada para atingir seu público quando lançou a ação #PreparaPraMim, veiculada no Twitter oficial de Hellmann’s e que consistia no envio de receitas personalizadas de acordo com os ingredientes twittados pelos usuários com a hashtag (relembre aqui).
 
O WhatsCook foi desenvolvida pela agência Cubocc.
 
Redação Adnews
Deixe seu Comentário

Leia Também

Especial Google

+ Ver mais

Quer falar com mulheres? Olhe para os dados, não para os estereótipos

por Artigo de Kate Stanford, diretora global de marketing e publicidade no Youtube

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald