Seguindo a linha do primeiro dia, o encerramento do F8, principalmente conferência anual do Facebook, ficou marcado por pautas relacionadas ao futuro da tecnologia e da própria rede social. Realizado na última quarta-feira (13), em San Francisco, o evento contou com a participação de milhares de pessoas in loco, além ser assistido por mais de um milhão de usuários por streaming.

Na abertura do segundo dia, Mike Schroepfer, chief technology officer do Facebook, falou sobre os esforços da companhia no desafio de conectar todas as pessoas e como o desenvolvimento de plataformas tecnológicas como inteligência artificial e realidade virtual podem ajudar nessa empreitada. Com uma projeção para a próxima década, o Facebook divulgou no F8 algumas tecnologias em que está trabalhando para "fazer do mundo um lugar mais aberto e conectado".


reprodução/Facebook

Confira abaixo as principais novidades anunciadas durante o último dia da F8.

Connectivity Lab

Com foco na proposta de "conectar todas as pessoas", o laboratório de conectividade do Facebook está criando novas tecnologias e soluções como dois novos sistemas de conectividades focados em melhorar a velocidade e a qualidade das conexões à rede, que ganharam os nomes de "Terragraph" e "Aires". Ambos exploram recursos de antenas terrestres com o objetivo de expandir a conexão em lugares de alta densidade urbana e também em zonas rurais.

O Terragraph vai equipar postes e outras peças do mobiliário urbano para levar internet gratuita e de qualidade para os cidadãos, enquanto o Aires foca em aperfeiçoar as tecnologias de transmissão para melhorar o desempenho da internet em grandes áreas de menor densidade demográfica.

Open Source

Algumas mudanças no React Native (plataforma de desenvolvimento de aplicações nativas do Facebook) foram anunciadas durante o evento, como o React Native para Windows, para Tizen (sistema operacional das SmartTVs da Samsung) e um SDK do Facebook para o React Native. Este último, segundo a empresa, vai facilitar a incorporação de ferramentas sociais como Login, Sharing, App Analaytics e Graph APIs em todas as plataformas por parte dos desenvolvedores.

De acordo com uma declaração oficial do Facebook, a maior parte do compromisso da companhia em construir melhores experiências no mobile está relacionada a ferramentas de desenvolvimento interno.

Detalhes sobre as novidades em Open Source estão disponíveis na página do Facebook para desenvolvedores (acesse aqui). 

Inteligência Artificial

O time de Applied Machine Learning, tecnologias de aprendizado aplicado para sistemas do Facebook, demonstrou o cérebro da Inteligência Artificial que vai promover diversas experiências na rede. Os esforços dessa equipe estão voltados em criar novas maneiras para as pessoas se conectarem à Internet. As iniciativas incluem capacidades como tradução de línguas, entendimento e leitura de imagem que vai permitir a busca e a classificação de fotos para além das tags e a classificação de vídeos em tempo real.

Realidade Virtual Social

O recém-criado time de Social VR do Facebook está explorando formas das pessoas se conectarem e compartilharem experiências com as demais por meio da tecnologia de realidade virtual. Alguns dos desafios deste setor dizem respeito à habilidade de interagir e se comunicar por meio de linguagem corporal e voz.  

Confira no vídeo abaixo o keynote completo do segundo dia da F8: 

Redação Adnews

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdEducation

+ Ver mais

B2W oferece oportunidade para estágio de verão

por Nicole Fanti Siniscalchi

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald