Há 8 anos no Brasil, a plataforma viva da Punks S/A é exemplo de um ecossistema que sincroniza o indie e o mainstream. A provedora e licenciadora de conteúdo musical independente vem mudando a maneira como a música é percebida no mercado de produção audiovisual, elevando a autenticidade artística de trilhas produzidas ou licenciadas. Integra bandas, artistas e produtores em seu acervo de músicas independentes sincronizadas em canais mainstream: TV aberta e fechada, filmes do circuito nacional de cinema e de publicidade, documentários, séries e toda forma de conteúdo multimídia que existir, inclusive o streaming.

Ligada à norte-americana Jingle Punks, criada em 2008, a sede da Punks S/A em São Paulo é uma afiliada promissora, tendo o Brasil como um hub para todos os outros escritórios da rede e o país de maior importância na América Latina.

Para o segundo semestre de 2019, a plataforma se prepara para a implantação na Colômbia, Argentina e México, que junto ao Chile, são os países de maior potencial, considerando o tamanho do mercado e produção audiovisual local.

Para a interpretação sonora dos diversos talentos que esse universo pode revelar, a responsabilidade da curadoria de cada país deve pertencer a quem entende profundamente da música local. Por isso, em cada mercado que a plataforma ingressa, é selecionado um parceiro para a sociedade responsável pela curadoria do conteúdo musical local, mantendo dessa forma, a genuinidade sonora de cada mercado e autenticidade das trilhas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald