No começo de novembro, as redes sociais bombaram com discussões a respeito do caso do cachorro que foi morto no estacionamento do Carrefour (confira aqui). No entanto, a tragédia divide opiniões e desta vez Whindersson Nunes decidiu se pronunciar.

Em seu Twitter, o youtuber afirma “Vale lembrar que não é a empresa inteira que tem culpa, aconteceu no Carrefour de Osasco. Um cachorro foi morto a pauladas por um segurança despreparado”. A alegação repercutiu e diversos internautas rebateram a mensagem com frases do tipo “Não entendo como tem gente que defende uma corporação desse tamanho” e também “Despreparado sou eu indo fazer prova sem estudar! Isso aí foi maldade pura”.

Após a agitação o influencer apagou o tweet e se explicou na última terça-feira (04) com diversas mensagens de justificativa. Confira

 

 

Além do mais, a rede de supermercados adotou um novo posicionamento: “O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em nossa loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações. Desde o início da apuração, o funcionário de empresa terceirizada foi afastado. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos em dar uma resposta a todos. Queremos informar também que estamos recebendo sugestões de várias entidades e ONGS ligadas à causa que vão nos auxiliar na construção de uma nova política para a proteção e defesa dos animais”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especial Google

+ Ver mais

Quer falar com mulheres? Olhe para os dados, não para os estereótipos

por Artigo de Kate Stanford, diretora global de marketing e publicidade no Youtube

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald