Marcas aproveitam febre de livros para colorir

Posts convidam seguidores a colorirem desenhos relacionados às empresas
Em 2015, um hábito comum entre as crianças vem ganhando força no mundo dos adultos: os livros para colorir. Em livrarias de todo o país é possível encontrá-los nas prateleiras e o produto tem tido bastante sucesso, se tornando praticamente um viral na internet.
 
Aproveitando essa curiosa onda, algumas marcas utilizaram desenhos para colorir em suas redes sociais. No Facebook, Twitter e Instagram, o usuário pode se deparar com uma ilustração em branco em que a marca o convide para colorir. 
 
O Habib's, por exemplo, publicou em sua página no Facebook uma imagem de um de seus lanches, fazendo alusão ao livro de colorir "Jardim Secreto", que deu início à onda. 
 
 

Bem-vindo ao nosso jardim secreto.

Posted by Habib's Brasil on Quinta, 30 de abril de 2015

 
A Caixa Econômica Federal utilizou sua conta no Twitter para divulgar um evento, convidando o usuário a colorir e "relaxar na sua nova casa". 
 
Como "sugestão para desestressar na sexta-feira", a Ambev publicou em um tweet uma imagem para colorir com a mensagem "beba com moderação",. 
 
A Ducoco, por sua vez, convida seus seguidores no Facebook a colorir uma imagem usando lápis de cor, o Photoshop ou mesmo "o bom e velho Paint", e a compartilharem os resultados com a página através de mensagens ou comentários. 
 

Que tal usar lápis de cor, Photoshop ou até mesmo o bom e velho Paint para colorir esse cenário? Compartilhem suas obras…

Posted by Ducoco on Sexta, 8 de maio de 2015

 
Com a hashtag "#FiqueZen", o perfil da Asus Brasil no Twitter publicou uma imagem para colorir, também sugerindo que seus seguidores compartilhassem o resultado com eles. 
 
 
Viu mais alguma "propaganda para colorir" por aí? Compartilhe conosco através dos comentários. 
 
 
Redação Adnews
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

Coca-Cola lança lata com nomes em Braille

Próximo post

Marcas apostam em apps para criação de ações interativas

Posts Relacionados