A partir deste sábado, 24, a São Paulo Tech Week 2018 espalhará pelas ruas da capital paulista mais de 200 atividades gratuitas ligadas a tecnologia e inovação. O festival busca reforçar o posicionamento da cidade como o maior hub de Inovação da América Latina e estimular empresas e organizações a promoverem atividades e inciativas que conectem talentos, empreendedores e investidores. Uma das atrações da programação nesta edi&cce dil;ão é a primeira escola de liderança feminina do Brasil, a ELAS.

Criado há pouco mais de um ano por Carine Roos e Amanda Gomes, o projeto já atendeu mais de 2000 alunas e é focado no desenvolvimento pessoal de mulheres que desejam assumir posições de destaque em empresas e na sociedade. A palestra Como mulheres podem hackear o sistema e assumir posições de destaque em empresas de tecnologia” acontece na segunda-feira, 26, das 18h às 21h, no Spaces Berrini.

Nos dias 27 e 30, terça e sexta-feira, respectivamente, o público poderá participar do Workshop de Autoconfiança. O primeiro acontece no CUBO, das 19h às 22h. Já no dia 30, serão duas oficinas, uma no Spaces Vila Madalena, das 9h às 11h30, e a segunda no CUBO, das 18h às 21h.

O curso é dedicado a desenvolver a capacidade da mulher para se tornar protagonista de uma história de sucesso, vencendo barreiras pessoais e corporativas sem culpa, assim como amadurecer suas habilidades emocionais necessárias para assumir posições de liderança em empresas e na sociedade como um todo.

Desde agosto de 2017, o Programa ELAS já formou mais de 1.450 mulheres que tiveram resultados importantes em suas vidas, tanto pessoal quanto profissional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especial Google

+ Ver mais

Quer falar com mulheres? Olhe para os dados, não para os estereótipos

por Artigo de Kate Stanford, diretora global de marketing e publicidade no Youtube

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald