Você mostraria o conteúdo do seu smartphone para uma completa desconhecida que te abordasse na rua? A resposta da maioria para essa proposta no mínimo estranha, uma verdadeira afronta ao nosso senso de privacidade, deve ser não. Mas será que estamos realmente preocupados em proteger nossas informações, sobretudo aquelas que mantemos em dispositivos eletrônicos? Esta campanha quer mostrar que não.

Para chamar a atenção do público para a questão da privacidade online, a agência Don’t Panic realizou uma ação no estilo "câmeras escondidas", em que a comediante Olivia Lee aborda estranhos na rua e pede para ter acesso a seus celulares. Naturalmente, as reações foram de estranheza, já que não é todo dia que uma pessoa desconhecida faz esse tipo de proposta.

A pegadinha fez parte de uma campanha da Liberty Human Right. A organização quer reunir forças na luta contra o que ficou conhecida como "Snoopers Charter", uma lei que dá ao governo britânico acesso a informações pessoais recolhidas por companhias de dados internet. Quem discorda da medida afirma que, ao contrário do que o Estado alega, ela não trará mais segurança aos usuários e é uma forma de invasão de privacidade inadmissível.

Para convidar as pessoas a votarem a petição contra a lei, o filme apela: "Você deixaria um estranho acessar seu telefone? O Snoopers Charter não vai lhe deixar escolha".

Confira a ação:

Redação Adnews