A nova temporada da NBA começa está semana (30 de julho) mas assim como todos os grandes eventos deste ano, em decorrência da pandemia, ganhará um novo formato. A ideia é fazer uma arquibancada virtual, onde cada torcedor pode sentir como se estivesse na arena acompanhando o jogo ao vivo no angulo que preferir.

Para isso, a Associação Nacional de Basquete (NBA), a principal liga de basquete profissional dos Estados Unidos (e do mundo), fez uma parceria com o Microsoft Teams para recriar virtualmente a plateia dos jogos usando a ferramenta  “Together Mode”, um sistema ‘”multidimensional” que permite ao telespectador uma experiencia mais próxima do “real”.

NBA Virtual Fans: Microsoft Teams and the NBA bring fans court-side to the NBA Bubble | The SportsRush

“Nosso objetivo é criar uma experiência agradável e envolvente, em que os fãs possam se envolver e manter um senso de comunidade na retomada da temporada, em circunstâncias únicas e desafiadoras”, disse Sara Zuckert, a chefe da Next Gen Telecast da NBA

As quadras ficaram rodeada de telões de LED de mais de 5 metros de largura onde mais de 300 fãs vão aparecer ao vivo em cada jogo, vivenciando a experiência única, no qual, mesmo estando em suas casas,com o Microsoft Teams, seus rostos estarão nas arenas do NBA Campus (Orlando/Flórida-EUA) e podendo interagir entre si durante os jogos para “dá aos fãs participantes a sensação de estar sentado lado a lado durante um jogo ao vivo sem que elas precisem deixar o conforto e a segurança de seus lares”, como disse o próprio gerente da Microsoft 365, Jared Spataro.

A parceria entre Microsoft Teams e NBA começou no início do ano quando assinaram um contrato de vários anos em que a Microsoft se tornou fornecedora oficial de IA, nuvem e laptop da liga,além da plataforma Azure que vai transmitir os jogos ao vivo e com conteúdo personalizado. A plateia virtual é o primeiro exemplo que vemos desse grande acordo.