Oi inicia ofertas do PNBL em mais 100 municípios

Ofertas seguem o que estabelece o Termo de Compromisso de adesão ao PNBL

A Oi lançou na terça-feira em mais 100 municípios novas ofertas do Oi Velox, com foco na ampliação do acesso à banda larga no Brasil. As ofertas seguem o que estabelece o Termo de Compromisso de adesão ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), firmado pela Oi junto ao Ministério das Comunicações e à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Por iniciativa do Governo Federal, o PNBL orientará o processo de popularização da internet no Brasil.

 
Além dos 100 municípios brasileiros já atendidos desde 29 de setembro, outros 100 foram selecionados para receber as novas ofertas a partir desta terça-feira (confira, abaixo, a lista completa), totalizando 200 cidades distribuídas em 19 estados: Acre, Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins. Em dezembro, as ofertas do Oi Velox nos moldes do PNBL serão estendidas para mais 100 cidades. No primeiro semestre de 2012, mais 900 municípios serão beneficiados e, até o fim de 2014, as ofertas estarão disponíveis em todos os 4.800 municípios da área de atuação da Oi.
 
A Oi, que já havia demonstrado sua capacidade de atuar na implementação de políticas públicas, levando banda larga às escolas brasileiras, tem orgulho de participar de mais um projeto tão relevante para o Brasil. Operando a maior rede de telecom do país, a Oi está presente nos lugares mais remotos do território nacional. E, com essa presença, a Oi dará uma grande contribuição ao processo de popularização da banda larga, fator essencial para o desenvolvimento do Brasil.
 
O Oi Velox nos moldes do PNBL oferece velocidade de 1Mbps e custa R$ 35 reais por mês. Nos estados em que foi concedida isenção de ICMS para serviços de banda larga, a oferta é feita a R$ 29,90 mensais. Em ambos os casos, o cliente não precisa pagar pelo modem, cedido em regime de comodato. O cliente tem também a opção de escolher um provedor de acesso gratuito, conforme lista de empresas que atuam em parceria com a Oi, ou pagar por esse serviço, caso prefira um provedor que também seja parceiro da companhia mas cobre pelo serviço.
 
Conforme previsto no termo de adesão ao PNBL, o cliente pode optar também por uma oferta de serviços que inclua, além do Oi Velox nos moldes do PNBL, o Oi telefone fixo. Os detalhes sobre as condições comerciais das ofertas estão disponíveis no site da companhia (www.oi.com.br) e também podem ser consultados por meio de um número de televendas com ligação gratuita (0800 031 0001), que atende os interessados em adquirir as novas ofertas.
 
Nas cidades beneficiadas, o serviço está disponível para novos clientes e também para os já assinantes. Para facilitar a adesão ao serviço, a Oi parcelou o valor da habilitação em dez vezes de R$ 9,90 por mês na fatura do plano. Em atendimento ao compromisso assumido com o Governo Federal, o limite de download mensal, inicialmente estabelecido em 500 Mbytes, terá que ser dobrado para 1Gygabyte a partir de junho de 2013.
 
A companhia adotou uma estratégia de comunicação dirigida aos moradores das cidades atendidas, de forma a garantir uma ampla divulgação do serviço. Essa estratégia segue o padrão que a Oi já utiliza em suas campanhas para outros serviços, cujos anúncios continuarão sendo feitos normalmente nas demais cidades do país.
 
Além do investimento que a companhia está fazendo no programa de banda larga popular para massificar esse serviço no país, a Oi continuará investindo na oferta de banda larga de alta velocidade. Neste caso, o objetivo é atender aos usuários que necessitem de bandas maiores, que permitam combinar serviços de voz, dados e TV, incluindo a oferta de FTTH para o ano que vem. Hoje a Oi já oferece o serviço Oi Velox nas velocidades de 10Mb, 15Mb e 20Mb na maioria dos estados. Para a Oi, o mais importante é garantir banda larga de qualidade, com a maior cobertura possível, tanto nas áreas de maior concentração de consumo urbano quanto nas de menor concentração.
 
Lista dos 100 novos municípios:
 
CE – Milagres
ES – Iconha e João Neiva
GO – Mundo Novo, Portelândia, Corumbá de Goiás, Pilar de Goiás e Hidrolina
MG – Nova União, Iraí de Minas, Buenópolis, Cordisburgo, Galiléia e Frei Inocêncio
MS – Juti e Selvíria
MT – Nova Lacerda, Jangada, Nova Canaã do Norte e Nossa Senhora do Livramento
PE – João Alfredo
PR – Campo Bonito, São Pedro do Paraná, São Jorge do Patrocínio, Santo Antônio do Paraíso, Virmond, Salto do Itararé, Saudade do Iguaçu, Pinhalão e Vitorino
RJ – São José de Ubá, Varre-Sai, Laje do Muriaé, Areal, Quissamã, Cantagalo e Itaocara
RO – Cacaulândia
RS – Formigueiro, Planalto, Vale do Sol, Selbach, Santo Antônio das Missões, Sertão, São Valentim, Alpestre, Harmonia, Jaboticaba, Lagoa dos Três Cantos, Barão de Cotegipe, União da Serra, Mormaço, Novo Machado, Salvador das Missões, Pouso Novo, Novo Barreiro, Marcelino Ramos,                Independência, Westfalia, Montauri, Vanini, Mariano Moro, Silveira Martins, Camargo, Três Arroios, Caseiros, Pareci Novo, Severiano de Almeida, Paim Filho, Fortaleza dos Valos, David Canabarro, Erval Grande e Paraí
SC – Presidente Nereu,               Guatambú, Urupema, Calmon,                Painel, Marema, Ermo, Bela Vista do Toldo, Modelo,                 Abdon Batista, Galvão, Capão Alto, Celso Ramos, Sul Brasil, Leoberto Leal, Caxambu do Sul, Xavantina, Frei Rogério, Planalto Alegre, Major Gercino, Botuverá, Aurora, São João do Sul, Timbó Grande, Praia Grande e Anita Garibaldi
TO – Fortaleza do Tabocão
 
 
Lista dos 100 municípios que já eram atendidos:
 
AC – Manoel Urbano e Bujari
AL – São Sebastião e Pilar
CE – Icapuí, Bela Cruz, Cruz, Granja e Paraipaba
GO – Santa Tereza de Goiás, Diorama, Campinaçu, Israelândia, Professor Jamil, Novo Planalto e Teresina de Goiás
MA – Alto Alegre do Pindaré
MG – Fortuna de Minas, Cajuri, Augusto de Lima, Joaquim Felício, São José do Alegre, Araçaí, Engenheiro Navarro, Campanário, Santana da Vargem, São Sebastião da Bela Vista, Bandeira do Sul, Ponto dos Volantes, Aguanil, São Sebastião do Rio Verde, Ijaci, Monsenhor Paulo, Ipuiúna, Ressaquinha, Careaçu, Guimarânia, Cachoeira da Prata, Cabo Verde, Santa Rita de Caldas, Naque, Soledade de Minas, Arantina, Piranguinho, Cristiano Otoni e Jesuânia
MS – Jateí
PE – Custódia, Taquaritinga do Norte, Parnamirim, Aliança e Bom Jardim
PI – Luís Correia
PR – Diamante do Sul, Jardim Olinda, Farol, Cruzmaltina e Espigão Alto do Iguaçu
RJ – Rio das Flores e Macuco
RO – Alto Paraíso
RR – Rorainópolis
RS – Ponte Preta, Novo Tiradentes, Campo Novo, Alto Feliz, Glorinha, Boa Vista do Sul, Erval Seco, Santo Antônio do Palma, Quinze de Novembro, São Domingos do Sul, Vista Alegre, Bossoroca, Boa Vista do Buricá, Ciríaco, Brochier, Barão, Boa Vista das Missões, Ibiraiaras, Coxilha, Sentinela do Sul, Engenho Velho, Três Forquilhas, São Vendelino, Cerrito, Dois Lajeados e Nova Araçá
SC – Matos Costa, Zortéa e Rio Rufino
SE – Carmópolis, Laranjeiras, Capela e Boquim
TO – Cachoeirinha, Tupirama, Chapada da Natividade, Luzinópolis e Darcinópolis
Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

Marca dá 12 pares de tênis em troca do melhor slogan

Próximo post

Marcelo Siqueira de volta à DM9

Posts Relacionados