O brasileiro faz piada de tudo. Somos mundialmente reconhecidos pela criação de memes, já ganhamos até Copa do Mundo do tema. Para valorizar ainda mais este talento nacional, Guaraná Antarctica lança a “Memearia”, uma “estartape” virtual de memes que vai dar R$ 20 mil para o grande campeão.

Para participar da competição, os internautas precisam acessar o site da Memearia e criar memes de acordo com os desafios propostos pelos “porta-vozes” da campanha, todos bichinhos da fauna brasileira, como a anta superdotada, fundadora da memearia, o lobo guará, marqueteiro sênior da “estartape” e o tatu, tesoureiro-chefe que orienta os participantes a fazer memes com a cara do Brasil dando adeus aos boletos.

“A missão da estartape é transformar meme em capital (grana, cacau, bufunfa, faz-me rir, capim, tutu, dindin, cascalho) e ser a maior referência no mercado de memes do mundo, do planeta, do Oiapoque à Marte”, brinca o texto da campanha.

Além dessa turma própria do universo dos memes, Guaraná Antarctica também chamou os influenciadores digitais e creators Luscas, Cleytu, Babi e Rodpocket para a ação. Cada um deles estará à frente de um time, como um treinador e terá a função de guiar os competidores nessa incrível jornada de memes, orientando, dando dicas e incentivando a galera a conferir as criações do time que eles lideram.

Ao longo do mês de agosto, de cinco em cinco dias, um novo desafio será lançado. Serão 80 selecionados e os vencedores de cada fase vão avançando na competição até chegarem à grande final. Além do prêmio de R$ 20 mil para o campeão, o vice vai levar R$ 10 mil e o terceiro e quarto colocados ficarão com R$ 5 mil cada.

Para participar é necessário ser brasileiro e maior de 16 anos, o campeão será divulgado no dia 4 de setembro pelo site.

A Agência AlmapBBDO é quem assina a campanha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdGeek

+ Ver mais

Que o R2 D2 esteja com você!

por Nicole Fanti Siniscalchi

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald