Marca da Frescatto Company amplia sua abrangência de publicidade em parceria com a MetaX Ads

Uma das mais tradicionais empresas de pescados do Brasil, a Frescatto Company, através de sua marca Porto Frescatto, estreia sua primeira campanha em mídia televisiva investindo em TV conectada. Em parceria com a MetaX Ads, líder internacional em publicidade e operação de CTV, a empresa, que completou 75 anos em 2019, utilizou a estratégia digital na tela grande para reforçar sua construção de marca.

“Na Frescatto Company estamos com um direcionamento cada vez mais voltado à inovação e foi uma experiência muito positiva investir na TV conectada. Por lá, conseguimos medir em tempo real os resultados dos anúncios, além de trabalhar de forma mais efetiva em regiões estratégicas, concentrando as impressões em Rio de Janeiro e São Paulo. É bom ver a Porto Frescatto na TV, atingindo uma audiência cada vez maior”, destaca Catia Monteiro, gerente de marketing da empresa.

Explorando as possibilidades da TV conectada, a marca conseguiu inserir a televisão em seu plano de comunicação de forma complementar a outros meios em que já costumava investir, atingindo uma audiência de massa com verba otimizada e mais acessível, além de garantir uma mensuração de resultado mais assertiva e imediata.

Porto Frescatto cliente MetaX

“Por meio da plataforma independente e self-service de gestão de campanha e da estratégia da MetaX Ads aplicada no uso de diferentes formatos, a Porto Frescatto conseguiu aumentar significativamente seu alcance e engajamento através de formatos clicáveis, com CTR de até 17,72% em determinados horários”, pontua Vanessa Delgado, vice-presidente sênior da MetaX Brasil. “É muito bom ver como uma empresa tão tradicional está aberta a investir e extrair o que há de melhor em uma opção inovadora e em rápida ascensão como a TV conectada. Muito ainda vem pela frente, as mudanças estão aceleradas e a Frescatto Company é pioneira no meio que será o catalisador de todas as mídias digitais, além de ser uma oportunidade para marcas que querem estar na TV, com maior alcance e um investimento menor”, complementa.