Uma sinfonia de vaias e xingamentos para Kobe Bryant

Nike cria novo filme para fechar a despedida do astro americano de basquete

Com a marca de 60 pontos na partida de ontem (13) e a certeira promoção de um grande evento, repleto de audiência em todo o mundo, o astro americano do basquete Kobe Bryant pode dizer que teve uma despedida bem orquestrada. Parte integrante desse espetáculo, a Nike criou um novo filme em homenagem ao jogador.

"The Conductor", desenvolvido pela W+K, já conta com mais de 4,3 milhões de views em apenas 24 horas. O mote do filme é explorar uma questão bastante peculiar no esporte; a relação da torcida adversária com uma grande estrela do time rival, geralmente o jogador que mais recebe vaias e ofensas. O que significa no fim das contas? Que ele é o mais temido e contraditoriamente o mais respeitado jogador.

Partindo desse ponto, o vídeo mostra torcedores de outras equipes como Boston Celtics, Detroit Pistons, Chicago Bulls e figurinhas carimbadas como o treinador Phil Jackson dizendo o quanto sentirão falta de odiar Kobe.

Para responder aos insultos, seguindo a linha do "não me ame, me odeie", o jogador vira uma espécie de mastro conduzindo a sinfonia de vaias e xingamentos, enquanto os torcedores e rivais cantam uma espécie de paródia de "I've been loving you too long", de Otis Redding. "Estive te odiando por tanto tempo para parar agora. Não me faça parar, por favor, não me faça parar".

Redação Adnews

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Estadão anuncia mais três jurados brasileiros no Cannes Lions 2016

Next Post

We reestrutura área de Atendimento

Related Posts