Imagem Divulgação - Youtubers

Youtubers brasileiros sofrem com strikes em vídeos antigos

Criadores de conteúdo e usuários estão preocupados com as medidas tomadas pela plataforma e o futuro de seus canais

O YouTube tem acionado o mecanismo de strike contra vários canais brasileiros por conta de vídeos antigos publicados na plataforma. A ferramenta preocupou os youtubers e expectadores de grandes canais da plataforma com o risco de terem não só seus vídeos, mas seus canais excluídos.

A ferramenta de strike é uma medida que o próprio YouTube criou para deixar a regulação e manutenção das regras da plataforma mais fáceis. O mecanismo funciona por meio dos strikes, que seria um tipo de alerta para o canal, principalmente para o uso indevido de copyrights. Se determinado canal receber três strikes, ele é excluído do site.

A questão entre os profissionais da área é que as regras por trás dos famosos e temidos strikes nem sempre é tão clara ou funcional. Muitos vídeos antigos, com músicas que até então não eram afetadas pelo direito de imagem, agora estão recebendo strikes na plataforma.

O Youtuber Patife, que tem mais de 2 milhões de inscritos em seu canal, publicou um vídeo relatando seu problema com os strikes. Patife publicou o vídeo no dia 09 de Novembro com o título Meu fim no Youtube – Meu canal vai ser deletado a qualquer momento”.

Confira o vídeo que o youtuber Patife publicou:

No vídeo, Patife menciona sobre como os strikes são prejudiciais para seu canal, mesmo que ele não perca a conta, já que ele teria que excluir uma série de vídeos. O youtuber mencionou que seu canal tem mais de 7 mil vídeos, entretanto, mais de 1,6 mil deles tiveram que ser privados por conta do copyright.

Os problemas dos strikes não param só no risco do canal ser deletado e na exclusão de vídeos antigos ao público. Os canais com dois avisos, como o caso de Patife, podem acabar sendo colocados na lista de “canais não confiáveis”. Com o canal adicionado a lista, o alcance dos vídeos na plataforma também diminuí.

Patife não foi o único a reclamar do sistema de avaliação e regras do YouTube. Os youtubers Rato Borrachudo e Vinicius 13, conhecidos por publicar vídeos de video game e vlogs na plataforma, também foram afetados pelos strikes. Ambos reclamaram através de suas redes sociais, Vinicius também publicou um vídeo no seu canal.

Veja a seguir as publicações e vídeos dos youtubers:

Até o momento, o YouTube não se pronunciou sobre ajustes relacionado ao problema dos strikes, entretanto, a comunidade de youtubers tem se pronunciado e tentado auxiliar criadores de conteúdo que estão sofrendo com o problema.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Cidade Alta: Brahma antecipa um dos momentos mais esperados pelos streamers no ano

GTA: Brahma dentro da Cidade Alta

Próximo post

Beats Drinks e Anitta levam fã para festa karaokê exclusiva

Posts Relacionados