Zac Efron volta ao cinema com o reboot de Chamas da Vingança

O filme estreou hoje (19) nos cinemas!

Quando saiu a notícia do remake de Chamas da Vingança, muita gente achou que era o filme de Denzel Washington, de 2004. Quando eu disse que era o filme de Drew Barrymore dos anos 80, a maior parte das pessoas nem sabia que existia. E ainda acharam que eu era a desinformada, rsrs. Então fica aqui a informação. Esse Chamas da Vingança que está estreando nos cinemas hoje (19) com Zac Efron, é um remake do filme de 1984 com Drew Barrymore e David Keith, baseado no livro de Stephen King, ok? Nada a ver com Denzel, só o mesmo título brasileiro…

Dito isso, vamos à história. Durante seus anos de faculdade, Andy (Zac Efron) havia participado de um experimento que lidava com o “Lote 6”, uma droga com efeitos alucinógenos semelhantes ao LSD. A droga deu a sua futura esposa, Victoria (Sydney Lemmon, da série Helstron), habilidades telecinéticas. Ambos também desenvolveram habilidades telepáticas. Após se casarem e terem uma vida aparentemente normal, as coisas mudam com a chegada de sua filha sua filha Charlie (Ryan Kiera Armstrong, a Alma da 6ª temporada de American Horror Story). Ela tem uma capacidade de controlar o fogo com a mente. Conforme Charlie vai crescendo, suas habilidades vão ficando mais fortes. É quando aqueles que fizeram o experimento em seus pais resolvem ir atrás dela.

O que achei desse novo Chamas da Vingança?

Pouco me lembro do filme original. Só que já começava com a garota, que na época era feita por Drew Barrymore, já em fuga. Não era lá grande coisa, mas funcionava. Aqui, mesmo com o esforço de Zac Efron (cada vez melhor ator), não se pode dizer o mesmo. O filme é produzido pela Blumhouse, que ficou famosa por fazer filmes baratos que dão um excelente retorno de bilheteria. Mas a produção aqui é pobrezinha demais. Excesso de closes, falta de um roteiro que explique alguma coisa. É tudo jogado, sem o menor cuidado de tentar contar uma história razoavelmente acompanhável.

É uma pena, porque tanto Zac, como Sydney Lemmon, e a garota Ryan Kiera Armstrong se esforçam. O filme ainda tem uma cena com Kurtwood Smith, e Gloria Reuben, mais careteira do que nunca. Tem uma trilha sonora boa entretanto, de John Carpenter, que merecia um filme melhor. O que realmente me espanta é por que o filme está sendo lançado nos cinemas. Tem aquela cara de filme de streaming. Sabe, aquele tipo baratinho, com um ator conhecido? Você vai assistir, dizer que é ruim, e nunca mais lembrar dele. É bem a cara desse novo Chamas da Vingança.

Eliane Munhoz

Para saber mais sobre filmes e séries, acesse blogdehollywood.com.br

Post anterior
Final do Free Fire World Series (FFWS) acontece neste sábado (21)

Final do Free Fire World Series (FFWS) acontece neste sábado (21)

Próximo post
The Freestyle - Samsung

Pré-venda do The Freestyle, da Samsung, ganha Live de lançamento

Posts Relacionados