A nova cara da Visa

A nova cara da Visa

Quando a Visa foi fundada, há mais de 60 anos, ninguém imaginava que pagamentos poderiam ser feitos sem dinheiro ou cheque, os únicos meios transacionais daquela época. Mas uma pergunta simples de seu idealizador, Dee Hock, serviu para nortear uma transformação que ainda está em curso no mundo: e se o dinheiro se tornasse totalmente eletrônico?

Aos poucos, essa visão de criar um meio mais seguro, confiável e conveniente ganhou vida e se propagou por diversos países. Hoje, a rede formada pela Visa conecta 3,6 bilhões de credenciais, mais de 70 milhões de estabelecimentos comerciais e dezenas de milhares de parceiros, movimentando um volume anual superior a 11 trilhões de dólares. 

Assim como o mundo se transformou, a Visa apresenta uma mudança da sua marca nos mais de 200 países e territórios em que a empresa opera para evoluir seu posicionamento. É um marco importante que envolve mudança de estratégia atrelada ao negócio, reconstrução de identidade visual e novo conceito criativo. Como ponto de partida, a campanha Conheça a Visa é um convite a todos para entender a marca além do que normalmente é pensado sobre sua atuação como “empresa de cartão de crédito”.

É claro que as pessoas associam as quatro letras da marca ao universo de pagamento, lembram dela quando abrem a carteira, pagam um fornecedor, entram em uma loja ou fazem uma compra no e-commerce. Mas ela vai bem além disso. Nos últimos anos, evoluiu para se posicionar como motor confiável do futuro do comércio, proporcionando acesso à economia global a todos, em todos os lugares. Um novo lema que combina com o momento atual!

Apesar de a estratégia comercial estar em desenvolvimento há alguns anos, o redesenho da marca começou a ser elaborado há cerca de 18 meses, ou seja, um pouco antes do início da pandemia de Covid-19. Praticamente tudo foi feito de forma colaborativa, com as pessoas trabalhando de casa: equipes de marketing, atendimento ao cliente, relacionamento com parceiros, recursos humanos, comunicação, departamento jurídico. 

Antes de colocar no ar, estudos quantitativos e qualitativos deram respaldo para o desenvolvimento da estratégia. Foram mais de 200 horas de conversa com partes interessadas, em vários mercados. Nessa fase de descoberta, que durou nove meses, mais de 10 mil pessoas em 10 países, 40 empresas e 30 especialistas do setor foram entrevistados com o objetivo de entender mudanças nos padrões de consumo e no sentimento do consumidor. 

Entre os insights descobrimos pontos interessantes: os consumidores nunca estiveram tão dispostos a escolher novas opções e a abandonar hábitos tradicionais, a tomada de decisão está mais emocional e menos racional, e eles se preocupam mais com o propósito e valor social da empresa (querem saber o que elas representam e como isso é transmitido ao cliente em ações).

Ao longo de 2021, a nova marca da Visa poderá ser vista nos lugares onde a empresa atua em uma operação colossal que captura o espírito ambicioso da empresa.  No Brasil, o Conheça a Visa será veiculado por 11 semanas no horário nobre da TV aberta, em versões de 15 e 30 segundos. A campanha também terá cobertura nas redes sociais, grandes portais de notícias e mídia programática. Em São Paulo e Rio de Janeiro, trabalharemos com mídia exterior, incluindo relógios de rua, abrigos de ônibus e comunicação no metrô, além de outdoors em pontos estratégicos de Brasília.

Uma estratégia abrangente que carrega o propósito da marca como fio condutor: operar como uma rede que trabalha para todos, promovendo a inclusão de pessoas, em todos os lugares, e garantindo que indivíduos, negócios e economias prosperem. Em um mundo onde mais de 1,8 bilhão de pessoas não tem acesso a serviços financeiros formais, a Visa quer permitir que mais gente possa fazer parte da economia global.

Com a reabertura do mundo e o crescente uso de novas formas de movimentar o dinheiro, não há momento melhor para evoluir!

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Batalha das Startups: marcas buscam empreender para atrair talentos

Batalha das Startups: marcas buscam empreender para atrair talentos

Próximo post
MIBR e Itaú se unem em campanha estrelada por Rincon Sapiência

MIBR e Itaú se unem em campanha narrada por Rincon Sapiência

Posts Relacionados