Muitas pessoas esperam por dias e até semanas pela Black Friday. Esse é o dia que atrai multidões às lojas e comércios para comprar desde os produtos mais básicos do supermercado até celulares e notebooks com descontos inéditos.

Para você ter ideia, no ano de 2018, a Ebit/Nielsen estimou que foram gastos cerca de 3,92 bilhões de reais, apenas em lojas on-line. Apesar de tudo isso, muitos ainda têm dúvidas e desconfianças sobre como encontrar sites confiáveis na Black Friday.

Afinal, as histórias de sites que aumentam o preço para diminuir no dia da Black Friday são muitas, não é mesmo? Pensando nisso, nós elaboramos uma lista com algumas dicas para você evitar fraudes e comprar tudo o que procura pelos melhores preços.

1. Monitore os preços ao longo dos meses

A primeira e mais importante dica é monitorar o preço dos produtos que você deseja comprar. Pode parecer um pouco óbvio, mas é comum que as pessoas esqueçam de olhar e comprem no impulso. E essa prática é extremamente não recomendada, já que ainda existem muitas lojas que tentam enganar o usuário durante a compra de Black Friday.

E se ficou muito em cima do tempo para comparar o preço ao longo dos meses, não se preocupe! Existem sites e ferramentas na internet capazes de traçar o valor médio de diversos produtos ao longo de um período e também sugerir os locais com melhor custo-benefício para comprá-lo.

2. Evite depósitos bancários como pagamento

Um golpe muito comum no Brasil e que costuma afetar ainda mais pessoas na Black Friday é o do boleto bancário falso. Nesse golpe, o site de compras indica o pagamento do documento para uma conta física e não a de uma empresa. Ou seja, ao invés de você pagar uma empresa facilmente localizável, estará pagando para uma outra pessoa.

Nesse caso, o golpista receberá o seu dinheiro e você nunca verá o seu produto. Uma dica é sempre ficar de olho nos códigos de segurança dos sites que você pretende comprar e também se eles oferecem a possibilidade de pagar no cartão de crédito. É importante olhar isso porque as transações feitas dessa forma podem ser rastreadas de uma forma mais fácil e os golpistas evitam essas possibilidades.

3. Confira a reputação da loja em que você comprará

Outro fator muito importante é verificar a reputação da loja que você pretende comprar. Vale a pena consultar sites de reclamações e também perguntar a opinião de outras pessoas sobre aquele e-commerce.

Assim, você pode verificar se existem reclamações em relação àquela empresa e optar pelas lojas on-line que oferecem as melhores vantagens de forma segura. Vale ressaltar que é muito importante desconfiar de preços muito baixos e promoções muito abaixo do mercado, mesmo na “semana Black Friday”.

4. Sempre leia a política de privacidade do site que você pretende comprar

Sabe aquelas letrinhas pequenas que muitas vezes não lemos quando nos cadastramos ou compramos algo? Elas, na verdade, são muito importantes e podem estabelecer desde prazos de entregas até preços e condições para as promoções.

Tudo isso, em um contexto de Black Friday, se torna ainda mais importante. Afinal, nesta última semana de novembro, costumamos ver muitas promoções e situações especiais. E ficar atento às condições de compra pode fazer toda a diferença para um processo mais eficiente e positivo!

5. Tire fotos de todas as telas

Por último, mas não menos importante, é super válido que você tire prints (foto) de todas as telas que você passar durante a sua experiência de compra. Assim, caso dê qualquer problema durante todo o processo, será possível provar que você “esteve” ali e comprou determinado produto.

Sempre tenha em mente que é melhor prevenir do que remediar, ainda mais quando está lidando com a internet e um evento super diferenciado, como a Black Friday. Fique atento, faça boas escolhas e você conseguirá ter uma ótima experiência de compra.

Além disso, podemos ressaltar a importância de pesquisar, pesquisar e pesquisar. Somente esse processo poderá oferecer para você os melhores preços e condições para alcançar o melhor preço e custo-benefícios. Boa sorte e aproveite a próxima Black Friday!

Deixe seu Comentário

Leia Também

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald