Band

Band dá largada para a cobertura da Fórmula 1 e anuncia patrocinador

Wendel Martins
O grupo Bandeirantes realizou a apresentação oficial da equipe de transmissão da Fórmula 1 no canal. A exibição na Band começa ainda neste mês

Logo após o anúncio da mudança de transmissão na TV aberta para a Band, os fãs da Fórmula 1 ficaram ansiosos para saber qual seria a equipe da emissora. Sendo assim, na última quinta-feira, 04, o Grupo Bandeirantes realizou o lançamento oficial da cobertura da temporada 2021 da Fórmula 1. 

Antes de mais nada, o evento foi apresentado por Glenda Kozlowski, que destacou que a Band combina com a principal categoria do automobilismo no mundo:

“A Fórmula 1 tem história, emoção e tradição, que são elementos que combinam com o Grupo Bandeirantes”, afirmou.

Do mesmo modo, Glenda apresentou a renomada equipe de narração. Em primeiro lugar, está o narrador Sérgio Maurício. “A Band já tem essa tradição, este DNA no esporte, e agora apresenta um cardápio completo aos fãs de automobilismo. Narrar as 23 provas é a realização de um sonho de infância”, destacou Sérgio. 

Da mesma forma, a cobertura da categoria contará com Reginaldo Leme nos comentários. “Meu entusiasmo é quase o mesmo de quando eu estava começando a minha carreira. Este time vai fazer uma grande cobertura, exatamente do jeito que o brasileiro gosta”, disse o comentarista.

Ainda mais sobre o time de comentaristas, a equipe também contará com dois ex-pilotos, Felipe Giaffone, e Max Wilson.

Em seguida, foi anunciado que a Mariana Becker cobrirá as 23 provas da temporada. Direto da Suíça, a repórter saudou os colegas e o público. “Não poderia ter sido mais bem recebida. E já já estou fazendo minhas malas para o Bahrein”, avisou. 

Primeiro patrocinador é a Claro

Posteriormente a apresentação da equipe de transmissão, a Band anunciou que a Claro é a primeira patrocinadora da Fórmula 1 no canal. Sendo que, na categoria, a empresa já patrocina o piloto mexicano Sérgio Perez, agora na Red Bull, e o brasileiro Pietro Fittipaldi, piloto de testes da Haas. 

Nesse sentido, Márcio Carvalho, CMO da empresa, mandou comemorou a parceria:

“Trata-se de um novo marco e estamos felizes de estar ao lado da Bandeirantes em um evento que engaja milhões de brasileiros. A Fórmula 1 é um universo de tecnologia e inovação, e se é novo, tá na Claro”, disse Carvalho.

Calendário completo de corridas na TV aberta

A princípio, a Band fechou contrato com a Fórmula 1 para transmitir o evento com exclusividade até o final de 2022. Porém, a emissora já possui planos de renovar por décadas com a categoria.

Sendo que, na primeira temporada do retorno da categoria à emissora, as 23 provas previstas no calendário serão exibidas ao vivo na TV aberta para todo Brasil.

Inicialmente, o treino classificatório da abertura da temporada, no Bahrein, também vai passar ao vivo na tela da Band no dia 27 de março. Porém, a BandSports será terá exclusividade na exibição dos demais treinos. Assim como o canal de TV paga será responsável por transmitir as corridas da temporada da Fórmula 2 e da Fórmula 3.

Além disso, a Rádio BandNews FM também irá transmitir as corridas. Enquanto que, notícias sobre a categoria estarão presentes ao longo da grade de programação de esportes da Band e nos telejornais, incluindo as rádios do grupo (BandNews FM, Rádio Bandeirantes, Band FM, Nativa FM e Play FM). 

“Será uma cobertura robusta e completa. Temos um compromisso e vamos cumpri-lo. E quem está perguntando pode ficar tranquilo que vamos transmitir os pódios até acabar o champanhe.” Disse o diretor de esportes Denis Gavazzi no evento de apresentação. 

Serviço de streaming da Fórmula 1

A Liberty Media, também possui seu próprio serviço de streaming, o F1 Pro. Anunciado neste ano no Brasil, o serviço permite que fãs do esporte assistam a todas as corridas da modalidade ao vivo e também veja corridas antigas em seu catálogo.

Seja como for, o streaming oferece dois planos: o Pro, que dá acesso às transmissões ao vivo e a outros conteúdos exclusivos, e custa R$ 28,90 mensais ou R$ 279,90 anuais. E o Access, que não permite ver as corridas ao vivo, mas contém comentários e análises de especialistas, juntamente com os melhores momentos de cada Grand-Prix, além do arquivo de momentos mais marcantes da história do esporte, e custa R$ 15,90 mensais ou R$ 142,90 anuais.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

Nissan inova no lançamento do novo Kicks

Próximo post

Já ouviu falar em data lake? Saiba como orientar as decisões através de dados 

Posts Relacionados

Por favor, desabilitar Adblock para visualizar conteúdo do site.