Em meio a tantos esforços de combate ao novo coronavírus, a Rappi, startup especializada em entregas delivery, promove uma campanha para que os idosos, pessoas mais vulneráveis e pertencentes ao grupo de risco, não precisem sair de suas casas para fazerem suas compras. Durante um mês, pessoas com mais de 65 anos terão o benefício do Rappi ‘Prime’ – de maneira gratuita.

Uma associação opcional do app que geralmente é pago, mensalmente ou anualmente, conta com benefícios especiais como atendimento preferencial no atendimento via aplicativo, descontos todo o mês, além da isenção da taxa de frete em compras acima de R$ 30,00. “A ideia surgiu dentro da própria Rappi, junto com o time criativo do Facebook. Estamos constantemente focados em buscar oportunidades de criar iniciativas que atendam nossa missão que é a, de justamente, ajudar as pessoas.”, comenta Guilherme Anchieta, brand manager da Rappi Brasil.

E não se trata só de entregas de comida pronta, no app ainda é possível pedir medicamentos pelas farmácias, e evitar as aglomerações em mercados e fazer compras dentro do próprio Rappi. “As categorias que registraram um maior aumento foram farmácias, restaurantes e supermercados. As pessoas se sentem mais seguras fazendo um pedido via Rappi e evitando concentrações massivas de pessoas.”, explica ele.

A empresa visivelmente é uma das marcas que mais se desdobra em ações para evitar a disseminação do novo vírus, e por isso, ainda desenvolveu uma campanha em suas redes para ajudar os idosos e suas famílias a fazerem suas compras em casa, e com mais segurança. “A ação conta com vídeos que estão sendo compartilhados nas redes sociais, via push, também peças para whatsapp e que também estão sendo distribuídas como avisos dentro da plataforma.”, completa Guilherme sobre as informações disponíveis para os clientes.

Para ver mais sobre esses vídeos, basta procurar com a #PeçaParaOsAvós, ou ir acompanhando via app.

 

Para a Rappi, a campanha tem um grande grau de importância em um momento como esse e vem sendo um novo artificio  para ajudar a todos. “Entendemos que a adesão tem sido bastante positiva, o que nos deixa bastante satisfeitos, pois estamos cumprindo com nosso objetivo de executar um serviço que dê segurança a todos os elos do nosso ecossistema e de impactar positivamente a sociedade.”, conclui Guilherme Anchieta, comemorando a aceitação e o aumento da ferramenta pelo público.