Julgamento entre Twitter e Elon Musk já tem data

Julgamento entre Twitter e Elon Musk já tem data

Situação entre o bilionário Elon Musk e o Twitter ficou complicada e será resolvida em um julgamento que já tem data marcada

O processo do Twitter contra Elon Musk por sua decisão de rescindir seu acordo de aquisição de US$ 44 bilhões será julgado em 17 de outubro e durará cinco dias, decidiu um juiz de Delaware.A juíza Kathaleen St. Jude McCormick, que está supervisionando o caso, emitiu a ordem para as datas do julgamento na quinta-feira. Depois que McCormick decidiu anteriormente em favor do Twitter que o processo poderia ser acelerado e ocorrer em outubro, os dois lados continuaram discutindo sobre a data de início precisa, com o Twitter pressionando para que começasse em 10 de outubro.

A equipe jurídica de Musk havia pedido inicialmente que o julgamento ocorresse em 2023. A equipe jurídica do Twitter argumentou que era necessário agilizar o caso para limitar o “dano” aos seus negócios e garantir que o acordo pudesse ser concluído antes de 24 de outubro. a data “morta” em que os dois lados concordaram anteriormente em fechar o acordo.

O Twitter entrou com uma ação contra Musk no início deste mês no Tribunal de Chancelaria de Delaware, em um esforço para forçar o bilionário CEO da Tesla a cumprir seu acordo para comprar a empresa de mídia social depois que Musk disse que queria rescindir o acordo.

O advogado de Musk alegou anteriormente que o Twitter estava “violando materialmente várias disposições” do acordo, alegando que a empresa havia retido os dados solicitados por Musk para avaliar o número de bots e contas de spam na plataforma. Mais tarde, a equipe jurídica do Twitter chamou a tentativa de rescisão de Musk de “inválida e injusta” e sugeriu no processo que Musk está usando bots como pretexto para tentar sair de um acordo pelo qual ele agora tem remorso do comprador.

Enquanto isso, o Twitter continua avançando com o processo de acordo. Na terça-feira, o Twitter enviou aos acionistas uma carta dizendo que realizaria uma reunião especial virtual em 13 de setembro para votar o acordo de fusão.

Essa matéria é uma tradução da escrita por Catherine Thorbecke para o site CNN Business.

Quer saber mais sobre as novidades? Não deixe de seguir o ADNEWS nas redes sociais e fique por dentro de tudo!

Post anterior
Ambev lança campanha sobre energia renovável junto com agência Africa

Ambev lança campanha sobre energia renovável junto com agência Africa

Próximo post
Chilli Beans lança primeira coleção inspirada com design esportivo

Chilli Beans lança primeira coleção inspirada com design esportivo

Posts Relacionados