Mercado Livre discute inclusão da comunidade LGBTQIA+ na música

Mercado Livre discute inclusão da comunidade LGBTQIA+ na música

No mês do Orgulho LGBTQIA+, o maior e-commerce do Brasil e da América Latina convida novos artistas da comunidade LGBTQIA+ a criarem feats com Pabllo Vittar

Quantos artistas LGBTQIA+ estão nos top 10 das músicas mais ouvidas nos apps de streaming? É possível encontrar talentos de todos os estilos musicais nestas listas? A fim de dar visibilidade para esta reflexão e apoiar a representatividade da comunidade LGBTQA+ na música brasileira, o Mercado Livre apresenta a campanha Mais uma Voz. 

Na ação, a artista – que entre outros grandes feitos foi a primeira drag queen a se apresentar no palco do Coachella, um dos principais festivais de música do mundo – vai convidar novos talentos LGBTQIA+ a cantarem com ela no mês do Orgulho. Para isso, os artistas independentes devem acessar o site da campanha e baixar um pack musical com o qual é possível criar músicas inéditas, verdadeiros feats com Vittar. A partir disso, é só compartilhar e espalhar #maisumavoz para todo mundo.  

Segundo Thais Souza Nicolau, diretora de branding do Mercado Livre na América Latina:

“No Mercado Livre, acreditamos que a diversidade impulsiona o progresso. Como a marca mais valiosa da América Latina, com mais de 80 milhões de usuários, assumimos nosso papel com a responsabilidade de apoiar a pluralidade, amplificando a mensagem  da comunidade por meio da força da nossa marca. Queremos que novas vozes ocupem mais espaços e se unam a grandes talentos da música brasileira que já vêm na busca de fortalecimento e representatividade da comunidade LGBTQIA +. Acreditamos que apoiar esse movimento reforça o nosso propósito de liderar o progresso para a sociedade.”

A cantora Pabllo Vittar também comentou sobre a inclusão na música:

“As minhas expectativas estão altas. O Mercado Livre é uma marca que realiza um trabalho incrível e fico muito feliz de ver sua presença em ações junto a comunidade LGBTQIA+, todos os anos. Quando me fizeram essa proposta eu aceitei na hora, pois eu realmente acredito que as nossas vozes juntas podem fazer muita diferença. Mal posso esperar pra ver tanta gente talentosa junto de mim nesse feat!”

Para ampliar a diversidade de talentos e sons, alguns feats criados e compartilhados nas redes sociais serão divulgados nas redes do Mercado Livre, a ideia é mostrar a riqueza dos diferentes estilos musicais que são destaque no Brasil, como sertanejo, rap e pagode. Thais enfatiza:

“Acreditamos que as diferenças nos enriquecem e nos impulsionam a melhorar diariamente, e, assim como o Mercado Livre chega em todo o Brasil, com esta campanha, queremos que a variedade de estilos ocupem seus espaços também.” 

Há cinco anos, a marca atua em parceria com a ‘Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo’ para contribuir e amplificar a voz da comunidade, trazendo visibilidade a essa jornada diária de luta, celebração e reivindicações de direitos. Thais completa:

“Esta edição será mais uma oportunidade para apoiarmos e mostrarmos o quanto estamos comprometidos com a diversidade ao entender que cada letra da sigla LGBTQIA+ tem sua complexidade, importância e sua luta”

Criada pela GUT São Paulo, agência global independente, a campanha contará também com ativações nas redes sociais com conteúdos de marketing de influência. 

Murilo Melo, ECD da Gut São Paulo, comentou sobre a campanha:

“Nos últimos três anos, criamos juntos iniciativas que se comunicaram com intencionalidade e verdade com a comunidade. Já existe um canal de diálogo aberto entre esse público e a marca. Para 2022 buscamos ideias que, além de reforçar o apoio, possam celebrar as conquistas.”

Quer saber mais? Não deixe de seguir o ADNEWS nas redes sociais e fique por dentro de tudo!

Post anterior
IA do Google é autoconsciente, segundo engenheiro suspenso

IA do Google é autoconsciente, segundo engenheiro suspenso

Próximo post
PicPay Store oferece créditos da Nintendo com cashback

PicPay Store oferece créditos da Nintendo com cashback

Posts Relacionados