Completamente diversificado e miscigenado, o Brasil celebra o Dia do Imigrante neste 25 de junho, e a startup meuDNA, que disponibiliza testes genéticos avançados, está fazendo uma campanha em homenagem àqueles que se deslocaram de sua terra natal para buscar seus propósitos em outros lugares. Para impactar o público, a healthtech chamou alguns influenciadores brasileiros para realizar os testes e descobrir um pouco mais sobre a sua ancestralidade. 

A ideia é que ao longo da Semana do Imigrante, o time composto por Amanda Mendes (@todecrespa), Marieli Mallmann (@m_marieli), Joyce Kitamura (@joycekitamura) e Alessandro Delarissa (@alebarbaruiva), e Laura Kassab (@laurakassab) comece a divulgar o resultados de seus respectivos testes. Como este aqui abaixo de Laura Kassab: 

 

É possível entender melhor a sua ancestralidade com os diversos números e dados fornecidos pela empresa. 

Em entrevista, conversamos com Cesário Martins, CEO da meuDNA, e ele nos conta que é a primeira vez que a ação é realizada pela empresa. “Como a gente se lançou em novembro do ano passado, não tivemos a chance de fazer alguma ação com esse tema. Esse ano, pensamos em fazer essa ação e realmente está sendo muito legal!”, disse ele. 

A campanha surgiu após um planejamento de quase três meses, onde tudo foi friamente calculado, datas, prazos laboratoriais, e o convites para os influencers para que todos estivessem com seus testes em mãos nesta semana de comemoração. “O Brasil é feito de imigração, tem muita gente de várias partes do mundo, várias populações, então decidimos fazer essa homenagem. Pegamos vários influenciadores que, de certa forma, representam as grandes correntes imigratórias que aconteceram no Brasil.”, explica Cesário sobre o mapeamento e pesquisa do time de influência. 

Os testes genéticos podem ser comprados pelo site da meuDNA, e logo após as pesquisas do laboratório, os resultados podem ser conferidos no próprio site. Nós, do ADNEWS, também tivemos acesso a uma simulação de como é feito o teste passo a passo. 

– Primeiro, a meuDNA envia um kit para a sua casa com uma espécie de cotonete que será o responsável pela coleta de seu material biológico; 

– Passe o ‘cotonete’ nos dois lados de sua boca, esfregando-os dez vezes cada; 

– Reenvie todo o material para os laboratórios;

– Quando tudo estiver pronto, basta acessar o seu login e pronto! Você terá uma página com um mapa, porcentagens e locais que apontam de qual lugar do mundo seus ancestrais vieram.  

 

Com certeza é uma ótima atividade para fazer em família, e com a proximidade familiar causada pela pandemia, este pode ser o momento certo. Cesário nos explicou a importância de inserir esta campanha neste momento tão complicado. “As pessoas já estão cansadas de consumir produtos de pandemia. Março foi um mês de pausa. Paramos e tentamos entender o que estava acontecendo no mundo, e após isso vimos que, por mais que a luta contra a Covid-19 não tenha acabado, temos que continuar e aprender a lidar com isso. Pensamos em um conteúdo que fizesse as pessoas pensarem em outras coisas.”, conclui o diretor.