Em meio à crise instaurada no mercado cinematográfico e  publicitário por conta do novo coronavírus alguns eventos e festivais tiveram que ser adiados ou até cancelados. Por isso, algumas outras premiações estão se remodelando e realizando as premiações online. Este é o caso, por exemplo, do New York Festival Advertising Awards 2020. O evento que premia e avalia os trabalhos de classe mundial não poderia ser comprometido.

Foi anunciada a banca dos grandes júris de 2020 que são compostos por Diretores de Criação, Diretores Executivos de Criação e Diretores de Criação recrutados pelas principais agências globais e principais agências boutique. São mais de 400 júris que foram selecionados por mais de 60 países de todo o mundo.

“Estamos empolgados com o calibre das inscrições de ponta deste ano, o Grande Júri de 2020 julgou milhares de inscrições e estabeleceu um limite alto para a lista final”, disse Scott Rose, diretor executivo do New York Festivals Advertising Awards. “Como sempre, a realização de uma competição justa e competitiva de primeira linha julgada por criativos internacionais de destaque foi nosso objetivo no lançamento da competição em outubro.”

A lista de categorias de potência da NYF representa todo o espectro de criatividade e inovação predominante no setor publicitário atualmente. O evento conta com algumas categorias como: Ativação e engajamento;

– Arte e artesanato em publicidade;

– Conteúdo de marca/entretenimento;

– Colaborações e parcerias;

– Estratégia de marketing criativa/eficácia;

– Digital / Mobile;

– Design;

– Filme (Cinema / Online / TV);

– Indústria cinematográfica;

– Publicidade financeira;

– Design de embalagens e produtos;

– Impacto positivo no mundo;

– Relações públicas;

– Mídia social e influenciador, e outras.

Todas as inscrições vão para o julgamento on-line e ao vivo com o conhecido Júri Executivo, deste ano, composto por uma suposta elite de CCOs Globais e outros responsáveis criativos de agências do mundo todo. “A importância do Grande Júri não pode ser enfatizada o suficiente, seu compromisso em homenagear os homens e mulheres que criaram um trabalho emocionante para marcas em todo o mundo resulta em um trabalho inovador que passa para as rodadas de julgamento do Júri Executivo”, conclui Rose.

Diversos trabalhos estarão envolvidos e foram indicados aos prêmios, porém, cada publicidade é avaliada por rodadas até se tornarem finalistas e concorrerem ao ‘Terceiro Prêmio’, ao ‘Segundo Prêmio’, ao Primeiro Prêmio, e se engana aquele que acha que termina por aí. O NYF ainda conta com o ‘Grande Prêmio’, e por último, o ‘Best oh Show’.

Algumas empresas brasileiras também estão concorrendo a categorias da premiação. A primeira agência a aparecer na lista é a BETC São Paulo que concorre nas categorias: Arte e Artesanato em Publicidade: Design e Design: Design de marca; logo em seguida temos a Cheil Brazil com uma lista extensa de indicações: Avante-Garde/Inovador, Design de embalagens e produtos (Melhor uso), Design: Design da marca e Ativação e engajamento: Melhor uso; o Grupo Globo também aparece nas categorias Conteudo de marca/entretenimento, Branded Content/Entertainment; a próxima é a GTB Brasil que concorre apenas em Impacto positivo no mundo: Empoderamento; a McCann Health também aparece muitas vezes na lista: em Filme Craft, Branded Cont/Entertainment: Disciplina, Artistry & Craftin Advertising: Branded Content, Products & Services; a conhecida Miami Ad School, sem surpresas, aparece na lista concorrendo em: Impacto Postivo, Digital/Mobile, Direct/Collateral, Branded Content/Entertainment e Tipografia. Por último, e não menos importante, vem a WWcCann com diversas indicações em Publicidade Financeira.

A extensa lista dos concorrentes do New York Festival Advertising Awards, tanto do ano passado quanto o do ano atual, estão disponíveis no site do NYF. Quer saber mais? Acesse o site. E fique ligado, pois todos os finalistas e vencedores serão divulgados no dia 2 de maio de 2020.