O triste fim de Halyna Hutchins e outros acidentes com armas de Hollywood

A diretora de fotografia morreu num acidente no set do filme Rust.

A noite de ontem (21) chegou com uma terrível notícia vinda do set do filme Rust. Numa cena, Alec Baldwin disparou uma arma cenográfica. E acabou matando a diretora de fotografia Halyna Hutchins e ferindo o diretor e roteirista Joel Souza. Joel recebeu atendimento médico e saiu do hospital. A polícia de Santa Fe está investigando o caso. Até agora  não houve acusações.  Está circulando pela internet a foto Alec Baldwin do lado de fora da delegacia onde prestou esclarecimentos. Estava claramente desesperado.

Chegaram a levar Halyna Hutchins do set para o hospital de helicóptero. Mas ela não resistiu. Tinha 42 anos. Era mais conhecida por seu trabalho em curtas. Rust seria sua primeira grande produção. O filme é um faroeste. Conta justamente a história de um garoto que mata acidentalmente um fazendeiro. Quando é condenado, ele se junta ao avô, que pouco conhecia, e foge da cidade. Além de Alec Baldwin , o filme tem no elenco Travis Fimmel, Frances Fisher e Jensen Ackles. Na foto abaixo, Alec está caracterizado para uma cena do filme.

Um comunicado da produção de Rust dizia o seguinte. “Todo o elenco e equipe ficaram absolutamente devastados pela tragédia de hoje. Nós enviamos nossas sinceras condolências para a família e amigos de Halyna. Nós fechamos a produção por um período indeterminado. E estamos cooperando totalmente com a investigação da polícia de Santa Fe. Estamos providenciando serviços psicológicos para todos conectados com o filme. Enquanto tentamos processar esse evento trágico”.

Update

UPDATE – Alec Baldwin fez agora um post no Instagram sobre o assunto. ” Não há palavras para descrever meu choque e tristeza com relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins. Esposa, mãe e admirada colega. Eu estou cooperando totalmente com as investigações para saber como essa tragédia ocorreu. Eu estou em contato com o marido dela, oferecendo meu apoio para ele e para a família. Meu coração está partido por seu marido, seu filho e por todos que amavam Halyna”.

Jon- Erik Hexum

Esse não é o primeiro caso do gênero em Hollywood. Antes disso, dois outros bem famosos aconteceram. O primeiro foi com o ator Jon Erik-Hexum. Em 12 de outubro de 1984, as gravações da série Retrato Falado atrasaram. Enquanto esperava, o ator resolveu fazer brincadeiras com a arma. Ele achava que estava totalmente descarregada. Só que ainda havia uma munição de festim em seu interior. Hexum, brincando, fez uma roleta russa quando apontou a pistola para a própria cabeça e puxou o gatilho. Ele foi atingido em cheio pelo plástico que revestia a pólvora usada para simular o tiro cenográfico. O impacto atingiu seu cérebro de maneira irreversível. O ator não resistiu. Seis dias após o acidente, declararam sua morte cerebral.

Brandon Lee

E houve também o caso ainda mais famoso de Brandon Lee. Esse inclusive vem sendo muito lembrado por internautas. Na página oficial de Brandon no Twitter, administrado pela irmã de Brandon, Shannon Lee, houve um tweet sobre o acidente com Halyna. “Nossos corações estão com a família de Halyna Hutchins , Joel Souza e todos os envolvidos no incidente de Rust. Ninguém jamais deve ser morto por uma arma em um set. Ponto final”.

Brandon Lee  morreu em decorrência de um tiro acidental. Tudo aconteceu durante as filmagens de O Corvo em  Washington em 31 de março de 1993. A cena fatal ocorreu durante o flashback do personagem Eric Draven. Na cena, este entra em seu apartamento e descobre que sua noiva está sendo espancada. Em uma cena anterior, a arma que foi utilizada em Lee precisou ser carregada com munição de verdade. A ideia  era que a cena de tiro tivesse mais realidade. Só que um dos projéteis ficou preso no cano do revólver . Mesmo após a limpeza da arma e o novo carregamento com balas de festim.

O personagem Funboy, feito pelo ator Michael Massee, disparou o revólver no ator. Foi quando a pólvora do festim fez com que o projétil que estava preso no cano fosse acidentalmente liberado.  E perfurou o abdome de Brandon. Demorou algum tempo para que a equipe do estúdio percebesse o que realmente havia acontecido. Foi quando o levaram às pressas para o New Hanover Regional Medical Center. Mas acabou morrendo por hemorragia interna ainda na mesa de operações. Isso após dez horas de tentativas frustradas para salvá-lo. Ele tinha apenas 28 anos de idade.

Me pergunto como o cinema fez tantos avanços nos efeitos especiais, e esse tipo de coisa ainda acontece…

Eliane Munhoz

Para saber mais sobre filmes e séries, acesse blogdehollywood.com.br

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Creator Week Instagram

Instagram: Confira as novidades da plataforma!

Próximo post
Razer Gold ultrapassa 30 milhões de usuários

Razer Gold ultrapassa 30 milhões de usuários

Posts Relacionados