Os melhores jogos clássicos da PlayStation Plus Premium

Os melhores jogos clássicos da PlayStation Plus Premium

Para você não ficar de fora do que tem disponível na PS Plus Premiu, nós separamos os melhores jogos clássicos do serviço

Uma das vantagens do novo serviço de assinatura PlayStation Plus Premium é o acesso a vários jogos clássicos dos cofres do PlayStation. Embora a lista de clássicos do PS Plus ainda seja pequena, a Sony confirmou que você pode esperar que sua biblioteca retrô cresça com o tempo. Para os fãs de jogos retrô que não possuem um PS2, PS3 ou PS Vita, essa opção é a melhor opção. Além de atualizações de qualidade de vida, alguns jogos também vêm com suporte a troféus, caso você sempre quis alguns elogios retrô por seus esforços em títulos clássicos.

Lembre-se de que a biblioteca de clássicos – PS1, PS2 e PSP – está disponível apenas para membros do PlayStation Plus Premium. A biblioteca de clássicos contém principalmente PS1 e PS2 no momento, com apenas alguns jogos de PSP disponíveis. A transmissão de jogos PS3 no PS Plus também requer uma assinatura Premium. Mas, essencialmente, se você está procurando alguma nostalgia, deve optar pela assinatura Premium em vez da assinatura Extra, um pouco mais barata.

Nossa lista dos melhores clássicos para membros do PlayStation Plus Premium inclui alguns dos melhores de todos os tempos que o levarão de volta à era das TVs CRT e controles com fio. Mas agora você pode jogá-los com seu sofisticado controlador DualSense sem fio e em uma tela linda. Excluímos remasterizações para PS4 de jogos clássicos lançados originalmente para PS1, PS2 ou PSP. Isso significa que você não encontrará Patapon ou Locoroco nesta lista.

Ape Escape 1 + 2

Ape Escape estabeleceu uma nova referência para o PlayStation ao ser o primeiro jogo a exigir que os jogadores usem o controle DualShock. O jogo de plataforma maluco, que fazia uso de ambos os analógicos, rapidamente se tornou um grande sucesso. Como o título sugere, Ape Escape gira em torno de capturar macacos fugitivos com uma variedade de gadgets. A sequência foi lançada no PlayStation 2 e adicionou novos gadgets e gráficos melhores. Recomendamos os dois jogos Ape Escape no serviço, mas você provavelmente aproveitará ao máximo começando com o primeiro antes de passar para a sequência mais refinada.

Dark Cloud 2

O que acontece quando você combina viagem no tempo, elementos de RPG e pelo menos um imperador sedento de poder determinado a destruir o mundo? Você obtém o clássico cult PS2 RPG Dark Cloud 2, um dos pioneiros dos visuais cel-shaded e carregado com uma quantidade impressionante de opções de jogabilidade flexíveis. O Dark Cloud original também está no PlayStation Plus. Se você tiver dezenas de horas para mergulhar em RPGs longos, vá em frente e comece com o primeiro jogo. Escolhemos explicitamente o Dark Cloud 2 porque removeu parte da moagem tediosa encontrada no original.

Echochrome

Se você está procurando um desafio cerebral, um dos jogos que vale a pena conferir é Echochrome por sua coleção de quebra-cabeças e design elegantemente minimalista que oferece uma nova perspectiva sobre os quebra-cabeças.

Hot Shots Golf

O primeiro jogo da série Everybody’s Golf, este título original pode parecer simples, mas é cheio de cenários divertidos e desafiadores que valem a pena conferir hoje se você gosta de jogos de golfe arcade.

Mr. Driller

Outro fantástico jogo de quebra-cabeça, Mr. Driller é uma exploração rápida e frenética enquanto você luta contra o tempo e a ameaça de blocos caindo em sua cabeça, enterrando você sob uma montanha de escombros coloridos.

Jak e Daxter 1-3

Jak e Daxter ainda não receberam um renascimento do PlayStation, mas até esse dia chegar, a trilogia original de desventuras de plataforma da dupla Naughty Dog merece ser revisitada. Recomendamos reproduzi-los em ordem. Jak and Daxter: The Precursor Legacy é um tradicional jogo de plataforma de ação que conta a história de origem dos heróis improváveis. Enquanto isso, Jak 2 agita as coisas significativamente, levando os jogadores a uma metrópole extensa. Você pode compará-lo ao Grand Theft Auto. E Jak 3 introduz um combate veicular maior e terrenos baldios maciços. Tudo dito, esta é uma trilogia que não deve ser desperdiçada.

Red Faction

À medida que os jogos de tiro em primeira pessoa começaram a ganhar popularidade, a Red Faction surgiu com uma ideia ambiciosa de criar um mundo que fosse mais destrutível do que um set de filmagem de Michael Bay. A história da revolta marciana também não foi tão ruim. Red Faction II também está disponível para assinantes PS Plus Premium.

Resident Evil: Versão do Diretor

O jogo que estabeleceu um novo padrão para o terror de sobrevivência quando foi lançado pela primeira vez em 1996, o Resident Evil original ainda é um jogo assustador e enervante de terror zumbi habilmente criado. Com este Director’s Cut, espere que o horror seja amplificado com uma seleção de recursos que melhoram o original.

Rogue Galaxy

Quando você está jogando como um personagem chamado Jaster Rogue, você sabe que vai se divertir com um JRPG. Uma ameaça tripla de jogabilidade à frente de seu tempo, visuais bem envelhecidos e uma história épica ambientada entre as estrelas, Rogue Gallery é uma jóia subestimada da era PS2.

Star Wars: Jedi Starfighter

Não apenas mais uma grande entrada na biblioteca de jogos de combate espacial de Star Wars, Jedi Starfighter acrescentou à fórmula incorporando poderes da Força em combates espaciais. Jogabilidade única, uma grande seleção de caças estelares e missões que podem ser repetidas ajudaram a dar um novo toque ao Force feedback.

Syphon Filter

A jogabilidade de ação furtiva estava em ascensão no final dos anos 90, e o Syphon Filter se destacou como um dos melhores que o gênero tinha a oferecer. Personagens fantásticos, um enredo emocionante e jogabilidade polida combinados para criar uma ação de espionagem memorável em 1999.

Wild Arms 1 + 3

Outra série JRPG que está bem atrasada para um retorno aos holofotes, os três primeiros jogos Wild Arms estão disponíveis no PS Plus Premium. Seja o original do PlayStation ou o terceiro jogo da série no PS2, esta franquia merece ser explorada para ver como a ação do oeste selvagem, poder de fogo mágico e visuais vibrantes foram combinados para criar uma série de JRPG impressionante. Estamos recomendando principalmente a primeira e ótima terceira entrada estelar da série aqui, já que Wild Arms 2 foi uma experiência abaixo do esperado. Dito isto, se você ama o primeiro Wild Arms, você ainda pode querer conferir a entrada de acompanhamento antes de passar para a era PS2 para Wild Arms 3.

Essa matéria é uma tradução da escrita por Darryn Bonthuys para o site GameSpot.

Quer saber mais? Não deixe de seguir o ADNEWS nas redes sociais e fique por dentro de tudo!

Post anterior
Elon Musk sugere demissões em reunião com funcionários do Twitter

Elon Musk sugere demissões em reunião com funcionários do Twitter

Próximo post
Heineken 0.0 firma parceria com Gaules

Heineken 0.0 firma parceria com Gaules

Posts Relacionados