Quem serão os melhores coadjuvantes do Oscar 2021?

Eliane Munhoz
Enquanto a categoria de ator coadjuvante parece certa, a de atriz coadjuvante está mais embolada no Oscar 2021

O conceito de coadjuvante é sempre difícil de discernir. Muitas vezes os estúdios fazem campanhas por um prêmio de coadjuvante por ser “mais fácil” de emplacar no Oscar. Um caso recente do qual me lembro é o de Alicia Vikander em A Garota Dinamarquesa, de 2015. A atriz era claramente a principal ao lado de Eddie Redmayne. mas concorreu como coadjuvante e levou o Oscar pra casa. É também interessante comparar os tamanhos dos papéis dos vencedores do ano passado, Brad Pitt ( Era uma Vez em Hollywood) e Laura Dern (História de um casamento). O dela é quase uma ponta, enquanto o dele é praticamente um co-protagonista.

Oscars 2020 Live: Brad Pitt And Laura Dern Are Taking Home Their First  Acting Oscars!

E nesse Oscar 2021, mais um desses casos ficou muito claro. Foi a indicação de Lakeith Stanfield por Judas e o Messias Negro. Mais uma vez, ele é o protagonista, com Daniel Kaluuya como um co-protagonista. Entretanto, ambos tiveram indicações como coadjuvantes. Isso fez com que uma inspirada atuação de Jared Leto (indicado ao Globo de Ouro e ao SAG’s) por Os Pequenos Vestígios acabasse ficando de fora.

Jared Leto on 'The Little Things' and Playing a Serial Killer | IndieWire

De qualquer maneira, o Oscar de ator coadjuvante é a maior barbada do evento deste ano. Isso porque Daniel Kaluuya venceu todos os eventos de premiações. Pouquíssimas vezes na história isso aconteceu e o vencedor não levou o Oscar também. Os outros indicados, além de Daniel e Lakeith, são Paul Raci (O Som do Silêncio), Sacha Baron Cohen (Os 7 de Chicago) e Leslie Odom Jr. por Uma Noite em Miami. Continuo preferindo Jared Leto, que ficou de fora, rs.

Faithspotting The Academy Awards: Best Supporting Actors/Actresses |  CrossRoads Faith and Film

Já a categoria de atriz coadjuvante é um pouco mais incerto. Apesar de que Yuh-Jung Youn levou recentemente o SAG’s e o BAFTA por Minari. Tornou-se assim a favorita para o Oscar. Mas todas as outras também estão ótimas, e qualquer uma poderia levar a estatueta pra casa, que ficaria em boas mãos. Olivia Colman está ótima em Meu Pai, mas teve uma vitória muito recente ´por A Favorita. Maria Bakalova faz um estreia estupenda em Borat: Fita de Cinema Seguinte. Amanda Seyfried é a melhor coisa de Mank. E, claro, Glenn Close. Ela está fenomenal como sempre em Em Busca de um Sonho. Mas a maioria odiou o filme, que está na Netflix, o que pode atrapalhar. Se isso acontecer, será sua 8ª indicação sem ganhar. Assim se iguala ao recorde de Peter O’Toole, que só recebeu um Oscar Honorário pouco antes de morrer.

Eliane Munhoz

Para saber mais sobre o Oscar e os indicados, acesse blogdehollywood.com.br

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
social analitycs III

Descomplicando o mundo dos Dados: Social Analytics Parte III

Próximo post
Mobye

Startup Mobye realiza parceria com os gigantes do mercado de mobilidade elétrica Yellow e Grin

Posts Relacionados

Por favor, desabilitar Adblock para visualizar conteúdo do site.