Rappi e Meta lançam iniciativa para apoiar mulheres empreendedoras

Rappi e Meta lançam iniciativa para apoiar mulheres empreendedoras

A ação oferecerá cursos e aulas gratuitos e promoverá pequenos negócios liderados por mulheres em espaço dedicado no superapp

O Rappi e a Meta anunciam hoje o lançamento de uma iniciativa conjunta para apoiar o desenvolvimento de pequenos negócios liderados por mulheres no Brasil. O projeto integra a campanha #PorElas, liderado pelo superapp, e tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de mulheres que já empreendem ou que desejam empreender, além de impulsionar o crescimento de seus negócios a partir de cursos gratuitos sobre temas como empreendedorismo, marketing e comunicação digital.

O Rappi também exibirá tags e banners promocionais da campanha, que destacarão em sua plataforma os estabelecimentos liderados por mulheres de forma a aumentar sua visibilidade junto aos seus usuários. Além disso, uma seleção exclusiva de lojas de empreendedoras poderá ser acessada desde a página inicial do aplicativo.

Segundo dados de janeiro de 2022 do Relatório Global Sobre a Situação das Pequenas Empresas, estudo conduzido periodicamente pela Meta, somente 19% das empresas lideradas por mulheres no Brasil reportaram aumento nas vendas em seus negócios durante o segundo semestre de 2021, enquanto 31% das empresas lideradas por homens disseram ter vendido mais. Esse é apenas um recorte dos dados que aparecem como consequência das diversas barreiras enfrentadas por empreendedoras na região, muitas vezes desfavorecidas pelo acúmulo de afazeres profissionais e cuidados com a casa, filhos e familiares.

Sandra Montes, CMO do Rappi Brasil, falou soobre a iniciativa:

“Lançar essa campanha em um período tão especial quanto o mês de março simboliza muito para o Rappi. Junto da Meta, buscamos fortalecer o protagonismo feminino na economia brasileira, oferecendo caminhos, meios e aprendizados para este grupo. Com a iniciativa #PorElas, vamos ajudar a construir um mercado mais justo e diverso”.

As aulas, que terão início em 23 março, foram elaboradas de acordo com as necessidades das empreendedoras e serão ministradas a cada duas semanas, ao longo de todo o ano de 2022. Com a condução de executivas da empresa, o Rappi oferecerá aulas sobre empreendedorismo, design de marca, área jurídica, marketing de influência e outras temáticas relevantes para o público empreendedor. Inaugurando o programa, Mariam Topeshashvili, head do Turbo do Rappi Brasil, falará sobre empreendedorismo feminino, introduzindo o tema a partir de uma iniciativa que, sob sua liderança, deu origem à vertical que mais cresce no app atualmente.

Com acesso gratuito e ilimitado, as aulas fornecidas pelo projeto serão disponibilizadas em formato de vídeo e poderão ser acessadas a qualquer momento. O conteúdo será lançado no site da Meta no modo “estreia”, que permite participação e trocas do público via chat em tempo real.

A Meta, por sua vez, disponibilizará às empreendedoras aulas de marketing digital com conteúdos sobre o uso das plataformas Facebook, Instagram e WhatsApp voltado aos negócios, além de aulas sobre a digitalização de serviços e atendimento aos clientes.

Débora Nitta, Diretora de Marketing de Negócios da Meta na América Latina comentou sobre o projeto:

“Esta colaboração com o Rappi se soma a uma série de outras iniciativas da Meta de apoio a projetos liderados por mulheres, para que assim possam prosperar e ter um impacto na economia. Esse é o compromisso do #ElaFazHistória, programa global mantido pelo Facebook desde 2016 e que busca contribuir para diminuição dos efeitos da desigualdade de gênero na vida de empreendedoras. Mais do que nunca, a iniciativa busca estar ao lado dessas mulheres, trabalhando para que oportunidades que possam ajudá-las a manter de pé os seus negócios cheguem até elas”.

As aulas estarão disponíveis na página do Rappi no Facebook e nas plataformas do programa Ela Faz História da Meta a partir do dia 23 de março. Quem tiver interesse na campanha, pode acompanhar mais detalhes no perfil do Rappi Brasil pelo Instagram.

Post anterior
Jaden Smith pode ter sido escolhido como Miles Morales

Jaden Smith pode ter sido escolhido como Miles Morales

Próximo post

Dia Mundial da Água: Startup cria soluções para reduzir desperdícios

Posts Relacionados