SP Invisível lança campanha Inverno Invisível

SP Invisível lança campanha para ajudar pessoas em situação de rua

SP Invisível lança a campanha Inverno Invisível com foco em ajudar moradores de rua e conta com a parceria do Café Royal.

Antes mesmo do início oficial do inverno, as baixas temperaturas já tinham tomado conta de todo o país. De acordo com as previsões meteorológicas, a estação será ainda mais rigorosa nesse ano, especialmente no Sudeste e no Sul do Brasil. 

A organização SP Invisível lança a campanha Inverno Invisível e pretende aquecer moradores de rua em São Paulo

Por essa razão, a SP Invisível, organização com projetos voltados às pessoas em situação de rua, está realizando a sua tradicional campanha “Inverno Invisível” focada em aquecer a população de rua de São Paulo com a distribuição de 25.000 kits, contendo moletons personalizados, meias, luvas, gorros e itens de higiene, higiene além de absorventes e calcinhas para o público feminino.

A campanha, que continuará ao longo dos quatro meses de inverno, tem a expectativa de arrecadar R$ 2,5 milhões para a montagem de cada pacote. Em 2021, cerca de 15 mil kits foram doados, com a arrecadação de R$ 1,5 milhão. Todos os itens são novos, com material de qualidade e pensando nas pessoas que irão utilizá-los, inclusive nos cortes e detalhes artísticos.

“São feitos especialmente pensando nessas pessoas, para que eles também gostem de usar cada um dos itens. Não só por causa do frio, mas também pelo conforto, porque é bonito, porque combina e tem a ver com o que essas pessoas gostam de usar. Há um simbolismo afetivo por trás desses itens, já que foram pensados com carinho para não só cumprir o propósito de esquentar. Pessoas em situação de rua constituem grande parte da cidade e demonstrações de cuidado e sensibilidade são fundamentais e marcas da atuação da SP Invisível”, disse André Soler, fundador da SP Invisível.

Campanha

Um filme especial de anúncio, com a música “Simples Assim” (2015), de Lenine e Dudu Falcão, lançada no álbum Carbono, dirigido pela Joca, diretora de Cinema e sócia da produtora Café Royal, foi ao ar nesta segunda-feira (20), destacando o objeto da campanha e a urgência da ação, devido ao contexto climático e a condição das pessoas em situação de rua na capital de São Paulo e em todo o país.

“A parceria entre a Café Royal e a SP Invisível, que não é recente, sempre foi muito profícua e cercada de oportunidades para ações com esse grau de importância e urgência. Essa é uma circunstância social crítica e que o apoio audiovisual contribui de forma fundamental para o diálogo com mais públicos interessados em contribuir com as ações da campanha. Além disso, o filme também conversa com outras marcas e empresas que têm em seu objetivo a função social. Contribuir para que elas estejam mais próximas de seu propósito. Certamente aproximará esses grupos da iniciativa, que pode salvar vidas”, acrescentou André Soler.

A ação também prevê uma estratégia de comunicação exclusiva redes sociais para instigar o público a participar dos quatro meses de campanha.

“Minha parceria com o André tem 5 anos. Admiro demais o trabalho deles no SP Invisível. Neste ano, a Café Royal mudou para o centro de São Paulo, queremos participar de movimentos sociais nessa região. Quando esfriou, procurei o André para colocar a Café Royal a disposição e perguntei: O que você precisa? Imediatamente veio a ideia de um filme que fosse emocional e que aproximasse as pessoas do assunto com delicadeza. Lembrei da música do Lenine “Simples Assim“. O Lenine e o Dudu Falcão liberaram essa poesia tão linda. A produtora de som, Loud se ofereceu para gravar com uma voz de mulher, trazendo uma leveza para o filme. Enfim, as coisas foram tomando forma. Estou feliz demais! E ainda, a café Royal ajudará a SP Invisível na distribuição dos KITS no centro da cidade”, disse a diretora Joca.

“O frio é para todos. É uma sensação sentida na pele e que não precisa de maiores explicações. Porém, não são todos que dispõem dos recursos necessários para não sentir frio ou, mais que isso, para sobreviver a ele. Em uma noite de inverno rigoroso, é comum nos deitarmos no conforto de nossas camas quentes e pensarmos: “imagina como devem estar as pessoas que dormem na rua…” A mobilização vem daí: do desconforto em estar confortável. Não queremos naturalizar mais corpos mortos por hipotermia nas calçadas de São Paulo. Por essa razão, agiremos para tentar combater essa dura realidade”, pontuou André.

Para saber mais sobre o Inverno Invisível, acesse este link.

Quer saber mais? Não deixe de seguir o ADNEWS nas redes sociais e fique por dentro de tudo!

Post anterior
Marisa-e-Raizen-selam-parceria-para-levar-energia-renovavel-a-35-lojas

Marisa e Raízen selam parceria para levar energia renovável a 35 lojas

Próximo post
Palco Beats: iniciativa vai assumir os cachês de artistas Trans

Palco Beats: iniciativa vai assumir os cachês de artistas Trans

Posts Relacionados