Top Publi: Confira as melhores campanhas do Super Bowl!

Toda semana, nós do ADNEWS selecionamos as cinco melhores campanhas divulgadas, mas hoje o Top Publi está ainda mais especial. Os olhos do mercado publicitário do mundo inteiro se voltaram ao Super Bowl LV no último domingo, o evento que marca a decisão da temporada da National Football League (NFL) é responsável pela maior audiência televisiva dos Estados Unidos.

E é claro que não iriamos deixar de mostrar as publicidades do maior Show de Intervalo para você. Confira os 10 melhores comerciais do Super Bowl LV:

Cheetos em ‘It Wasn’t Me’ com Mila Kunis, Ashton Kutcher, e Shaggy

O comercial da Cheetos já é tradição no Super Bowl, e este ano mais uma vez a marca não deixou a desejar. Na campanha Aston Kutcher estrela com um dilema, a suspeita de que sua esposa, Mila Kunis, roubou seu pacote de Cheetos Crunch Pop Mix. Kunis nega, apesar das evidências incriminatórias, incluindo pó de Cheetos laranja em seus dedos. Ashton continua sua acusação em hit de reggae com o cantor Shaggy.

 

Pringles em ‘Flavor Stacking Space Return’ 

Criado pelo Gray Group, a campanha da Pringles para a 55° edição do Super Bowl só precisou de 30 segundos para mostrar que a mistura de sabores dos Pringles é tão empolgante que as pessoas ignoraram o retorno de um pod lunar do espaço. 

 

 

Amazon em ‘Alexa’s Body’ com Michael B. Jordan

É a sexta vez consecutiva que a gigante do e-commerce aposta na final do campeonato NFL para divulga a marca de forma criativa. Desta vez, com foco na Alexa, a assistente virtual da Amazon que é atualmente um dos seus principais produtos. A campanha questiona: “qual seria o corpo ideal para Alexa?”. E a resposta? Michael B. Jordan! O astro de “Creed” e “Pantera Negra” estrelou na campanha ‘Alexa’s Body’ da Amazon para o Super Bowl LV.

 

 

Uber Eats em ‘Eat Local’ com Cardi B, Mike Myers e Dana Carvey

A Uber Eats lembrou o clássico “Saturday Night Live” com Mike Myers e Dana Carvey. Apresentando um programa de TV local chamado “Wayne’s World”, os veteranos reprisam seus papéis da famosa peça. Apesar da campanha trazer figuras antigas das telinhas americanas, a convidada do programa é uma celebridade jovem e atual, Cardi B estrela com direito a ‘dancinha’ viral do TikTok. 

 

 

Bud light em ‘Last Year’s Lemons’

“Quando a vida lhe der limões, faça limonada” é o que enfatiza a campanha ‘institucional’ da Bud light desse ano no Super Bowl refletindo as dificuldades que tivemos com a pandemia em 2020, desde cortes de cabelo “faça você mesmo” até planos de casamento que não deram certo. O comercial anuncia a nova Limonada Seltzer da marca. 

 

 

Huggies em “Welcome to the World, Baby”

A marca de fraudas Huggies, estreia no Super Bowl, e faz história como a primeira marca de higiene infantil a fazer um comercial no jogo. A campanha assinada pela agência Droga5 exibe fotos de bebês que nasceram no dia do jogo (sim, todos os bebês do filme realmente nasceram no domingo do Super Bowl). Além de super divertida, talvez seja a campanha mais fofa do evento.

 

Hellmann’s em “Fairy Godmayo” com Amy Schumer

A Helllmann’s convocou a comediante Amy Schumer, para ser a fada madrinha para salvar a refeição de um homem que não sabia o que fazer com as sobras guardadas em sua geladeira. Felizmente, ele tem um pote de Hellman’s, o que permite que a fada faça sua mágica e instantaneamente prepare uma variedade cremosa de opções de refeição.

 

Toyota em “Upstream”

Fugindo do padrão, esse ano a Toyota não precisou mostrar um dos seus carrosa na campanha do Super Bowl, a marca nos emocionou com a trajetória inspiradora da atleta Jessica Long, 13 vezes medalhista de ouro paraolímpica. No fim a marca deixa um comunicado de Lisa Materazzo, vice-presidente do grupo de Marketing da Toyota: “Somos gratos a Jessica e sua família por sua disposição em nos permitir compartilhar uma parte tão pessoal de sua história

 

 

Jeep em “The Middle”

Com um dos maiores comerciais do Super Bowl (dois minutos), não foi só em dinheiro que a Jeep não economizou nessa campanha, a marca também não economizou em discernimento, esperança e referências em “The Middle”. 

Um ponto geográfico, uma capela localizada no centro dos Estados Unidos, é usado como uma metáfora para o meio termo político, que o narrador (Bruce Springsteen) descreve no local como “um lugar difícil de chegar ultimamente – entre o vermelho e o azul, entre o servo e o cidadão, entre a nossa liberdade e o nosso medo” – fazendo referência à turbulência política do país, como os tumultos violentos no Capitólio.

 

M&M’S em “Come Together” com Dan Levy

Sabe quando você comete aquele vacilo com alguém e precisa fazer uma “média” para agradá-la e se desculpar? É seobre isso que o M&M’S fala na sua campanha para o Super Bowl deste ano. A campanha de 30 segundos, criada pela BBDO New York, mostra pessoas compartilhando M&M’s como uma forma de desculpas pelas irritações da vida, e ainda conta com a participação do ator Dan Levy. 

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

Sonho de todo otaku: Naruto Shippuden em nova coleção da Team Liquid

Próximo post
AUÍRI

Holding Clube lança a Auíri, sua nova agência de marketing de causa e propósito

Posts Relacionados